A Pesquisa e o Rádio

O alcance do rádio e da TV é superior ao de qualquer outro meio de comunicação. São igualmente mídias de maior consumo.

Existem pesquisas e pesquisas sobre rádio, televisão e agora Internet. Mas tem algumas que mostram quadros realmente esclarecedores. Está aqui mostra comparações interessantes.
 
O alcance do rádio e da TV é superior ao de qualquer outro meio de comunicação. São igualmente mídias de maior consumo. No período de janeiro a julho de 2018, cerca de 68% da população consumiu programação de TV, sendo que o da paga foi 10%. O consumo de rádio acusou 28% e o da Internet 18%.
 
O rádio, segundo consta, é uma mídia “intimista”. No caso do rádio, o ouvinte não fica procurando por uma estação por todo tempo, assim como fazem os telespectadores, especialmente nos intervalos comerciais.
 
O rádio do carro, por exemplo, está sempre ligado na mesma estação, seja esta de música ou notícias. E mais: a programação e as notícias locais são os programas preferidos de quase a metade dos ouvintes de rádio (47%). Um dado pra guardar: enquanto 77 em cada 100 pessoas viram televisão no dia anterior, 28 ouviram rádio, 10 viram canal pago e 05 leram jornais.
 
Enfim, o rádio, apesar de estar na média de horas consumidas de Internet e da TV por assinatura, atinge muito mais pessoas do que estas mídias em termos absolutos.
 
Vai pesquisa e vêm pesquisa, seja qual for a época, até a projetada, o rádio continua forte e respeitado entre todas as mídias.
 
 

PARABÓLICAS

O grande Torino, agora deputado Estadual, começou sua carreira como locutor de FM até chegar a TV que o elegeu.
 
A versão de Same Mistake que fiz no Youtube, junto com outras versões, está chegando à casa dos dois milhões e setecentos mil acessos.
 
Eduardo Santos manda bem o seu recado sobre a cidade na TV Vitória todas as manhãs. Ele nasceu como radialista no time de  Ângelo Ribeiro.
 
Com muita ação o MOVIMENTO Rádio, TV e Internet. Uma iniciativa, entre outros, de Jorge Buery e Geraldo Magela.
 
 
MENSAGEM FINAL
"Ter lugar para cada coisa e ter cada coisa em seu lugar, eis o segredo da ordem e da economia". 

François de Salignac
 
 

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.