A receita

No rádio, nada se cria e muito menos se copia

 

Em um mercado que parece estagnado, no rádio nada se cria e muito menos se copia, pois não existem coisas boas para serem copiadas. Mas de uma coisa não se pode abrir mão no rádio: a qualidade técnica, que pode superar uma programação musical de gosto duvidoso e até a baixa qualidade de profissionalização.
 
Conteúdo também é o que falta no rádio de hoje. Se temos profissionais de talento, teremos conteúdo e aí a audiência, a fidelidade. Mas se não temos bons conteúdos é porque faltam profissionais de talento. Ressalva: talento não se aprende.
 
O aumento das verbas publicitárias do meio é um dos indicadores que mostram que as emissoras têm feito. Se não há aumento da verba é porque não fazem nada de bom. Mas sempre há tempo para pensar em novas estratégias para o rádio.
 
Nunca olhei com bons olhos para a segmentação. Acho que limita audiência, limita faturamento e outras coisas, mas se tiver de lançar mão da segmentação, achando que poderá se fortalecer no mercado, que faça, mas faça bem feito, muito bem feito.
 
Até um passado recente o contato direto com o anunciante funcionava, pois existe uma máxima de que ninguém poderá vender melhor o seu produto do que você mesmo. Rádio se faz com quem gosta de fazer rádio. Pensar rádio 24 horas não faz mal, trabalhar rádio 24 excita e exercita a mente. Portanto se o rádio anda mal, é porque falta sangue de rádio para dirigi-lo...quanto mais para fazê-lo
 
PARABÓLICAS
 
Bem produzidas as vinhetas e propagandas gravadas com objetividade, todo o desenrolar da transmissão esportiva da Rádio Cultura FM de Castelo da qual – como convidado especial - participamos ao lado do produtor e narrador João Carlos dos Santos. Um estilo diferenciado dos usados pelas emissoras cachoeirenses. (Elyan Peçanha, de Cachoeiro)
 
A festa do Jubileu de Prata da revista Mirante, publicação do nosso dileto colega Maurício Mignone aconteceu no dia 26 de outubro, (Elyan Peçanha, de Cachoeiro)
 
A dupla de publicitários Marcos Jacob e Juarez Marquetti que, mensalmente, promovem um almoço entre empresários de Cachoeiro. (Elyan Peçanha, de Cachoeiro)
 
E a Rádio Globo Cachoeiro, hein? – Saiu do ar, de repente, e deixou muitos ouvintes órfãos. (Elyan Peçanha, de Cachoeiro)
 
MENSAGEM FINAL
 
Um homem e uma mulher viverem permanentemente juntos é, biologicamente falando, uma condição extremamente anti-natural.
 
Robert Briffault
  • Palavras-Chaves
Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.