Anúncios

Anúncios das rádios Gazeta e Tribuna causam estranheza

Conjuntamente, em um fim de semana, saíram os anúncios de rádio da Gazeta Rádios e das rádios da Tribuna, consequentemente, em cada jornal do grupo. O que me chamou a atenção foi o tema do Gazeta rádios.
 
O gráfico da Gazeta tem no ápice o número de 800 mil ouvintes por mês. Quer dizer, o tradicional ouvinte por minuto foi trocado por mês. Tudo bem. Mas acontece que é a soma dos ouvintes de suas cinco rádios, a Gazeta AM, Litoral FM, CBN, Antena Um e a Gazeta FM (?)
 
Os textos desse anúncio dizem: “O maior alcance do rádio Capixaba”, o outro diz: “Tudo o que você precisa, do jeito que você quer” Esse último foi para apagar a má impressão do primeiro texto. O anunciante para ter o “maior alcance” terá necessariamente anunciar em todas as rádios da Gazeta. Só assim ele terá 800 mil ouvintes mensais.
 
Perdão, mas o anúncio da Tribuna me causou espécie também. Para mostrar uma linguagem moderna (o que suas rádios não são), o anúncio usa o termo “air guitar”, o apelido dado para as pessoas que simulam estar tocando guitarra, geralmente ouvindo uma música que gosta.
 
O texto não coaduna com as rádios. “Se você é daqueles que tocam air guitar, a gente faz o seu tipo. Tribuna FM. Leve diversão com você” A figura é de um jovem tocando “air guitar”. Primeiro que a programação da Tribuna FM não tem nada de air guitar. Seria melhor anúncio para uma rádio ROCK.
 
Segundo, quando o texto usa o verbo ‘leve’, de levar, soa com leve adjetivo, de peso. O anúncio entra em contraste, tanto de interpretação como de significado.
 
Não sei se tais anúncios foram encomendados como “calhau” e muito menos se foram em “house” ou agência. Mas valeu pelo intento de propaganda, chamou a atenção pela ruindade de cada um
 
PARABÓLICAS
 
Toninho Hulk mata suas saudades de discotecário quando vai a uma daquelas boates de Vila Velha, quer dizer, ia, agora é papai
 
Burura faz uso do que aprendeu quando morou em Los Angeles, fotografar. E faz muito bem. Burura velho de guerra. Gente boa
 
Namy Chequer precisa urgentemente ocupar novamente um microfone. Sem ele, mas manhas do rádio capixaba ficam muito medíocres.
 
Derik Ramos é a grande promessa do rádio capixaba. É nato de Anchieta e desenvolve seu trabalho na Sim FM de lá
 
MENSAGEM FINAL
 
Comer em excesso não é tido como pecado por muitos, porque não produz nenhum mal que se possa notar. Porém há pecados que destroem a dignidade humana, e comer demais é um desses. Conde Leon Nikolaievitch Tolstoi
  • Palavras-Chaves
Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.