Chuva, eleição e Justiça

Esses assuntos me chamaram a atenção de modo além do normal

 

Vamos dividir nossa crônica hoje em três partes distintas, mas que lá no fundo a gente percebe que os assuntos se entrelaçam. Os temas aconteceram e acontecem sempre, chamando a atenção de todos.
 
A chuva. Hoje as grandes metrópoles são acometidas de enchentes e causadas por tempestades. Isso não é falha administrativa, mas da ação do ser humano. Não há serviço de meteorologia que salve a população, porque as cidades terão seus problemas. Inicialmente, as rádios faziam as partes que lhe cabiam numa situação dessas, orientando, falando, ajudando, prevenindo. Hoje em dia, nada disso tem mais.
 
Eleição. A eleição americana polarizou todo mundo, sendo que na Rede Globo foi um pouco exagerado, com a ida do âncora do Jornal Nacional, William Bonner, para Washington. No fim, a culpa de muitas coisas banalizadas é da Globo, com a sua insistência de fazer alarde com coisa corriqueira ou normal, mesmo que seja uma coisa sazonal. Será isso um novo jornalismo e eu não estou sabendo?
 
Justiça. A reta final do mensalão ainda prende a atenção da população, querendo saber quanto tempo ficarão presos os acusados ou se tudo vai acabar em pagamento de cestas básicas. Apesar de jogar um pouco para a plateia, o julgamento do mensalão restituiu ao cidadão brasileiro um pouco da esperança perdida que ele tinha na Justiça brasileira.
 
Esses assuntos me chamaram a atenção de modo além do normal, porque todas os três são casos esporádicos e que foram explorados de modo exagerado pela imprensa. Ou a imprensa não tem o que fazer ou então está indo além do normal em suas coberturas. A troco de quê? Ensinar um novo conceito de jornalismo?
 
PARABÓLICAS
 
Muito chatas as chamadas dos programas da TV Gazeta no horário do Jornal Nacional
 
Lembramos outro dia do Falcão (Paulo Duarte) e o Águia da Colina (Aylor Barbosa). Um na Rádio Vitória, o outro na Capixaba
 
Por falar nisso, quem reapareceu das cinzas foi o Dery Santos. O enigmático baiano, que tinha um programa de rádio nos idos anos 70 aqui em Vitória
 
Encontramos na semana da chuva em Vitória duas figuras televisivas das mais respeitadas: Fernando Machado e Vladimir Godoy
 
MENSAGEM FINAL
 
Tome um rumo diferente do de costume, e quase sempre estará certo.
 
Jean-Jacques Rousseau
  • Palavras-Chaves
Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.