Comunicadores eleitos

Na recente disputa, tivemos alguns nomes do rádio e da TV eleitos com boa votação

Peguei Gerson Camata, Nilton Gomes, Castelo Mendonça e até Jose Américo Mignone, todos do rádio ou da TV que foram políticos, todos eleitos com votos recordes. Depois veio Rui Crespo e Antário Filho, o primeiro através da TV e o segundo do seu programa de rádio.

O rádio e a TV ainda exercem fascínio sobre o povo, dependendo do programa que se apresenta e até do jeito que se comunica. Na recente disputa, tivemos alguns nomes do rádio e da TV eleitos com boa votação. 

Na liderança está Amaro Neto (PRB), por meio do seu programa policial. Foi eleito deputado federal com mais de 181 mil votos. Depois veio Torino Marques, para estadual, com mais de 22 mil votos. Teve Ted Conti que, apesar da expressiva votação (42 mil votos), não se elegeu, isso porque foi para federal, pois se fosse para estadual seria o mais votado.

Desses todos, somente poucos faziam programa de variedade, os demais faziam jornalismo na televisão. Mas não se iludam aqueles que fazem rádio ou TV e queiram se candidatar.  Para obter sucesso nas urnas, o candidato tem de fazer um programa anos a fio, com aparição diária e sempre a favor do povo, seja  jornalismo ou não. Fora isso, muitos tentaram e não conseguiram.

Olhe os nomes desses eleitos e analise o tempo de cada um à frente de um microfone. Muito tempo. Todos têm o seu valor e mereceram os votos da população. Só tem um pequeno detalhe. A maioria não aparece tanto depois de eleito. Parece que querem férias de microfones. Repare com afinco esse detalhe.

PARABÓLICAS

Já no ar a Transamérica FM de Pedro Canário. Mais uma que a Rede Sim coloca no Espírito Santo, formando uma segunda rede.

O Dia das Crianças foi bem comemorado em Nova Venécia, com brindes e shows, graças à ação da Cidade FM, comandada por Miguel Roldan.

Não foi dessa vez que Giuliana Pavan (PRP) conseguiu se eleger a deputada. A loirinha passou raspando. Talvez nas próximas emplaque.

O mesmo digo para a amiga Liliajane (PTB). A apresentadora do Tribuna na Estrada quase que foi. Vamos torcer que não desanime.

MENSAGEM FINAL
“Se uma mulher não encontrou o homem certo até uns 24 anos, ela pode ter sorte na vida”. Deborah Kerr

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.