Meio a meio

Seria esta a solução para ter uma programação de rádio com a participação de emissora de fora?

Seria esta a solução para ter uma programação de rádio com a participação de emissora de fora? Hoje o que existe são algumas que estão reproduzindo na íntegra e outras com alguma coisa local inserida. Outras tentaram dividir a programação, mas não deu certo.
 
Não sou contra a participação de alguma coisa de fora na programação das rádios de uma emissora local. Deveria haver uma questão contratual de se utilizar apenas o que interessa e não um período do dia.
 
Tem também aqueles que são favoráveis à rádio local para a comunidade etc. Mas, na verdade, se todas forem locais, a concorrência quebra e o mercado entontece.
 
Na verdade, pode existir emissora com programação local e muito bem aceita. Basta dosar o segmento, o conteúdo ser inteligente e equilibrar as tendências dos ouvintes.
 
O meio a meio já provou que não dá certo em lugar nenhum. O segmento está se tornando uma burrice, uma coisa limitada. Esquecem que o rádio é dinâmico pela sua abrangência.
 
E uma programação de fora tomando todo tempo diário de uma rádio local só por interesses financeiros e assim mesmo correndo risco de baixa audiência e problemas no futuro.
 
PARABÓLICA
 
Quem esteve vendo o Tears For Fears no RIR foi Mônica Camilo acompanhada de seu Paco Dj
 
E continuamos orando por Ovelha. Gente boa como ele não merecia passar por isso. Força, Ovelha!
 
A exemplo da CBN Vix, a Band News deveria ter um site de informação, mostrando seu trabalho.
 
Fabio Lima está fazendo a programação musical da FM Líder. Eis o motivo da subida de audiência
 
MENSAGEM FINAL
 
Toda ação humana, quer se torne positiva ou negativa, precisa depender de motivação. Dalai Lama
  • Palavras-Chaves
Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.