Movendo arquivo

Nós não deixamos de ser arquivos

 

 
No mundo do computador, move-se arquivo geralmente quando queremos fazer uma limpeza no disco ou nos arquivos pessoais. Vamos lá e apagamos pastas, escritos e por ai vai.
 
Na vida da empresa é a mesma coisa. Cada funcionário é um arquivo, seja ativo ou passivo. Nós não deixamos de ser arquivos. É por isso que no mundo do crime existe a tal “queima de arquivo”.
 
Mas na vida temos de formar fragmentos e um bom arquivo. É um investimento próprio. É no saber, no espiritual, no relacionamento. Não adianta ser só mais um arquivo. Tem de ser importante.
 
Não existe arquivo rejeitado ou arquivo afastado. Ou é ativo e imprescindível ou então é deletado, descartado. Somos a mesma coisa no decorrer da vida. Tem gente querida e gente rejeitada.
 
Para ser um bom arquivo, alguém nos criou alguém nos guiou alguém nos supriu. Podemos então ser bons ou apenas relevantes. Por isso é sempre bom a gente saber do nosso conteúdo.
 
Quantas vezes passamos alguma coisa de uma pasta para outra. E depende do conteúdo, às vezes pode ser ruim ou um ótimo conteúdo. Mesmíssima coisa na vida gente. Por isso é bom a gente estar sempre bem atento a quem nos rodeia e o que quer.
 
A comparação não muito exagerada, apenas serve para percebermos que nós, os humanos, somos como arquivos. Somos criados, educados (enchidos), movidos e até mesmo deletados. Assim é no mundo virtual, assim é no mundo real.
 
PARABÓLICAS
 
Luis Claudio Casado abastecendo as emissoras da Capital com alguns lançamentos musicais. Gente da melhor qualidade.
 
Pelo nome da rua – cachoeirense Bolívar de Abreu - e pela entrada da Rede Sim, o prefeito Luciano Rezende deveria asfaltar essa via em Bento Ferreira.
 
Bruno Herculano é um excelente fotógrafo. Especializou-se na Europa e agora está de volta a Vitória
 
Hino Salvador comprou uma excelente câmera profissional e agora faz comentários através do Facebook. Boa, Hino!
 
MENSAGEM FINAL
 
Medo se vence com segurança. Apego se vence com renúncia. Aversão se vence com amor. Hermógenes
  • Palavras-Chaves
Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.