MUDANÇAS

Aumentou a falta de credibilidade da imprensa, como também do Congresso Nacional e demais poderes da República

Fiz questão de transportar essa informação para vocês, leitores de nossa coluna sobre mídia. Ela foi divulgada pelo site de Brasília Agência Congresso, do jornalista Marcos Rosetti. A informação é importante, pois se verídica ou não, mostra uma tendência. Eis o texto: “A TV perde para internet quando se trata de informar a população. É o que mostra pesquisa divulgada na última semana do ano. A cada ano que passa a TV perde mais espaço para as redes sociais. Em muitas famílias o aparelho de TV já foi descartado. 

O levantamento da Paraná Pesquisa mostra que a população utiliza para se informar sobre as notícias do País ou do seu Estado 42,1 Internet. E 35,7% a televisão. O rádio que tem uma apuração de notícias menos confiável que o jornal impresso, de acordo com o mesmo levantamento, está na frente até do facebook. 

Confira os números: Rádio 5,9%, Facebook, 5,7%, jornal impresso 3,6% WhatsApp 2,5%, Instagram 1,4%.Outra questão da pesquisa: A imprensa é isenta em relação ao Governo Federal? sim, 32,8%, não 62,4%.De uma maneira geral o Sr(a) diria que confia na imprensa, ou seja, na mídia? SIM 35,3% NÃO 60,4%. 

Em relação a pesquisas anteriores aumentou a falta de credibilidade da imprensa, como também do Congresso Nacional e demais poderes da República.

PARABÓLICAS

Na televisão, a Copa SP de futebol, todo ano em janeiro, perdeu muito em audiência com a ausência do time do Flamengo.

O verão começou com pouca atividade das emissoras de rádio em ações pelas praias. Sinal dos tempos.

Juninho Megahertz se prepara para mais uma viagem de Cruzeiro, com a família, com faz todos os anos nessa época.

A sexóloga Flaviana Brandemberg lança mais um livro e será no final deste mês. Por enquanto ela faz um tour de divulgação pela imprensa capixaba.

MENSAGEM FINAL

"Só existe um êxito: a capacidade de levar a vida que se quer".
(Cristopher Morley)

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.