Novas mídias

Mesmo com toda essa alegoria de instrumentos de comunicação, o rádio mantém seu espaço

Muito se tem dito a respeito das novas mídias, ou seja, todas essas que principalmente derivam da Internet. Um exemplo eficaz é o twitter e sua maneira de expor as ideias particulares de quem o acessa. É também um exercício de redigir, de expor o que pensa de maneira sucinta, de se fazer entender num curto espaço o recado.
 
Aliás, o ser humano em geral sempre sentiu uma atração exagerada pela comunicação. A prova maior foi a de Hitler, que impulsionou e usou a propaganda para se impor na sua guerra perante o mundo. Assim também é com os Estados Unidos, que vivem e sobrevivem graças unicamente a propaganda que fazem de si.
 
Pois é, com toda essa alegoria de instrumentos de comunicação, o rádio é e continuará sendo o único que não será tocado e nem atingido por nada. Temos visto que os jornais do mundo sucumbem à internet, que as televisões se rendem às teles e estas, por sua vez, à Internet.
 
Chamamos a atenção para esse novo poder, o da Internet e sua liberdade extrema. Achamos que para a difamação humana, para campanhas em época de eleição, deveria ter alguma regra. Tanto o Facebook como o Twitter são instrumentos que no ano que vem (2014) serão usados de maneira frenética na política. Anotem e confiram depois.
 
Então a hora é de desfocar as rádios e a TV deste contexto, de serem os veículos da política, com esses horários políticos chatos e inoportunos.
 
Portanto, aproveitando mais um ano eleitoral, vamos também pensar em novas regras para utilização dos veículos de comunicação, principalmente a Internet.
 
PARABÓLICAS
 
Toninho Portes com suas múltiplas funções no rádio, mas sempre no mais alto nível profissional.
 
Recebemos a visita da simpática e dedica profissional Jaqueline Vianna, gerente de imprensa da Prefeitura de Serra
 
Keko Sinclair trabalhando ativamente para o governo do Estado, no programa radiofônico semanal Com a Palavra.
 
Miguel Roldan continua no norte do Estado desenvolvendo seus projetos de novas rádios junto ao Minicom.
 
MENSAGEM FINAL
 
Tome um rumo diferente do de costume, e quase sempre estará certo. Jean-Jacques Rousseau
  • Palavras-Chaves
Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.