Potência e qualidade

Em comunicação, o item qualidade aliado à potência é infalível para captar audiência

 

Em comunicação, o item qualidade aliado à potência é infalível para captar audiência. Veja a exemplo da Globo. Quando Roberto Marinho negociou com o Grupo Time-Life, veio no pacote de apoio um sistema chamado QUALIDADE.
 
A Globo estreou com imagem nítida, mesmo em preto e branco, em determinados receptores, mas pegando bem, como dizemos no linguajar de boa sintonia. Com o desenrolar do tempo, ela veio se aprimorando e chegou aonde chegou. Na frente, devido principalmente à sua qualidade.
 
Já dissemos em outros artigos que a Globo tem programas inferiores aos das suas concorrentes, mas mesmo assim, mantém a liderança no horário. É como no rádio, o ouvinte vai passando no dial e de repente para num som de qualidade, alto, definido, limpo. Ali ele fica.
 
Até pouco tempo, a Globo pecava ao fazer externa, programas ao vivo.Estava se adaptando ao processo. Tinha qualidade da imagem e do som, mas não tinha a expertise da transmissão externa. Hoje ela tem e dá show de técnica.
 
Quem teve ultimamente a chance de conhecer pormenorizadamente o sistema técnico (transmissão e operação) da Globo no Rio e São Paulo viu que a empresa não poupa dividendos com equipamentos de última geração. Eles aprenderam com os americanos.
 
Imaginem como a Globo esta se preparando para cobrir, para o Brasil e para o mundo todo (as imagens serão geradas por ela) a Copa do Mundo e depois a Olimpíada.
 
Hoje, dificilmente você ouve falar que a Globo demitiu. Pelo contrário, ela valoriza o pessoal da velha guarda, como Leo Batista, Sergio Chapelin e até o Cid Moreira, que volta e meia empresta sua voz ao algum programa, como o Fantástico.
 
PARABÓLICAS
 
O ex-colega de colégio Dirceu Marchiori, que também dirigia as rádios de Rui Baromeu em São Mateus anda sumido. Onde esta o Dirceu?
 
Se o TRE-ES não liberar a Internet oficialmente para as eleições do ano que vem, a coisa vai ficar difícil entre partidos e veículos.
 
Encontrei, dia desses, no mesmo trajeto e com espaços de minutos, duas figuras da Gazeta do meu tempo, Eduardo Santos e Jorge Felix
 
Sumida também esta a boa locutora-apresentadora Bruna Carla. Ela e metade mineira e metade capixaba. Mora em Mantena.
 
MENSAGEM FINAL
 
"Somos a imagem de nossa alma, dependendo de como ela esta com Deus no momento" Enrico Oliveira
  • Palavras-Chaves
Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.