Preclaro leitor...

Resposta às críticas do leitor que classificou meu texto como ''tendencioso''

Não costumo responder comentários criticando meu artigo. Isso faz da coluna um espaço de debate, o que considero positivo. Semana passada, porém, deparei-me com o comentário do preclaro leitor da coluna de nome Douglas Fernandes, que se identificou como estudante da Universidade Federal de Juiz de Fora.
 
Seu comentário: “É difícil saber no texto o que é fato e o que é só sua opinião. Achei mal escrito e tendencioso”. Gosto de ser lido por jovens, principalmente estudantes universitários. Acho também que todos têm o direito de emitir opinião e críticas.
 
A coluna à qual ele se refere o leitor tem o título de A Comunicação no governo Temer. No texto, faço um apanhado do primeiro momento do governo interino na área da comunicação. O primeiro caso foi a briga com a EBC, coisa mesquinha. Deixo claro isso no texto.
 
Como está claro o que escrevi sobre as primeiras ações de Gilberto Kassab na pasta, ações que são noticias, informação ao alcance de todos. Acho que Kassab é desprovido do conhecimento necessário para comandar a área. Atenção amigo estudante, isso é uma opinião mesmo!
 
Escrevi também que Temer quer fazer coisas que não se coadunam ao momento. São todas informações que captei na imprensa, seguidas de uma brevíssima opinião. Afinal, tenho 48 anos de estrada, só na comunicação, e sei o que está errado, e o que está errado nesta área no Brasil e talvez no mundo.
 
Se prezado universitário não sabe se informar (que é o pecado nos vestibulares), lamento. Talvez por isso não soube interpretar o texto.
 
Mas afirmo que você, caro Douglas, não é primeiro e o único a me criticar, já disse que gosto disso. Afinal de contas, toda unanimidade é burra, não é?
 
PARABÓLICAS
 
Breve a Antena Um poderá voltar à faixa da capital em outras mãos. Estamos torcendo, já que ela faz falta.
 
Mais uma vez Ronnie Rocha passa as férias na América. Isso prova que ele é bom no que faz.
 
Neste mês já recebemos na Sim as visitas de Simone Deves e Luis Claudio Bezourão
 
Heckel Ferreira parece estar de malas prontas para atuar em Cachoeiro, exatamente na Cidade de lá. A conferir.
 
MENSAGEM FINAL
 
A palavra fere, dói. Dita no calor de mágoas ou ira penetra como flecha envenenada. A palavra salva. Uma expressão de alegria, acolhimento ou amor é como a brisa que ativa nossas melhores energias. Frei Betto
  • Palavras-Chaves
Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.