Sugestão Netflix: A Mata Negra

Quem esperava alguma novidade, pode começar a se conformar

Aragão decepciona nesse último filme, que é, também, o de maior orçamento. Quem esperava alguma novidade devido ao investimento, pode começar a se conformar. 

Os velhos troopes de Aragão, as casinhas na mata, o preto velho e o lupanar estão presentes novamente e o financiamento público não resultou em efeitos especiais muito melhores. O diretor continua apelando para o gore exagerado com laivos amadores.

Na trama, a protagonista não sabe para onde vai, ela simplesmente vagueia pelas locações sem um objetivo claro. Não percebi se o diretor quis fazer um filme de terror ou comédia. Seria melhor fazer como Ivan Cardoso e migrar de ver para o Terrir, pois seus monstros geram mais risadas que sustos. 

E, claro, como no filme Mar Negro, a ausência de final ou final improvisado dá a sensação de que o diretor escreveu qualquer coisa só para terminar logo o filme. 

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.