Sugestão Netflix: Vendetta

O filme é uma das comédias não intencionais mais engraçadas que já vi

Laurie e Bonnie são irmãs inseparáveis, até o dia em que, depois de uma festa, Bonnie se envolve com um cafajeste que, armado, intenta estuprá-la. Bonnie consegue se desvencilhar, tira a arma do estuprador e mata-o em frente à multidão que se aglomera ao seu redor.

Obviamente sem defesa sólida perante o juiz, Bonnie é enviada para o presídio. No filme, o cárcere parece mais uma High School americana do que uma prisão feminina. A personagem passa pela típica cena do novato que sofre bullying mas, no lugar de adolescentes abobados, temos carcereiros e presidiárias.

Já no primeiro dia, Bonnie arruma uma quizília com a valentona do presídio e, claro, sua paz dura pouco. Como vingança, Kay e sua quadrilha assassinam Bonnie às escondidas.

A irmã Laurie recebe um telefonema anunciando o óbito e, chocada com a indiferença do sistema judiciário, decide cometer um crime, ir para prisão e vingar a morte da irmã. A vítima escolhida é o mesmo juiz que condenou Bonnie e, mesmo exagerando na infração, Laurie recebe apenas doze meses de pena. Na prisão ela começa a assassinar uma a uma os algozes da irmã.

Este filme é uma das comédias não intencionais mais engraçadas que já vi, a valentona manda em tudo, até nos carcereiros, o diretor oculta os sucessivos assassinatos, porque não quer perder a confiança dos investidores, a prisão é uma bagunça, as presidiárias exercem mais funções que a maioria dos estudantes em escolas técnicas, a prisão parece uma colônia de férias e um dos carcereiros, um sósia de Chuck Norris, é o garanhão conquistador.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.