Trilha comprometida

Qualidade das trilhas sonoras das novelas caiu nos últimos anos

Novelas. Novelas que fazem milhares de pessoas ficarem presas à frente da tela de uma TV, inclusive agora de grandes proporções em tamanho. Novelas que fazem polêmicas ditam modismo, mostram o errado também.
 
Nestas novelas, além da história, que chama de folhetim, da interpretação dos atores escalados, tem a trilha sonora. Ela caracteriza personagens da trama. Tem música, que tanto tocada quando aparece um personagem, fica com a cara do sujeito.
 
Um tempo atrás, essas trilhas marcavam demais. Eram muito bem escolhidas, geralmente românticas e com intérpretes famosos. Cantores, bandas etc. Muitas músicas “estouraram” por conta de estar incluída numa dessas novelas. Isso começou mesmo com a novela Beto Rockfeller, na antiga TV Tupi de São Paulo.
 
Hoje, essas trilhas já não têm mais o significado de antes. Não são mais românticas. Parece que este tipo de música acabou no mundo. A última música romântica foi com Dionne Warwick, I’ll Never Love This Way Again, em Salve Jorge, da Globo. E ela é de 1989.
 
As trilhas andam em falta com o bom gosto, com a boa música. Até as músicas brasileiras das novelas estão aquém da qualidade da MPB-4. Deve ser a Globo querendo inventar ou mesmo sair da dependência da música lançada, talvez querendo abrir um novo mercado no país. Pode ser.
 
Mas que está uma porcaria, isso está.
 
PARABÓLICAS
 
Andersen Dourado fazendo AM na Tribuna. É um novo desafio e torcemos e apoiamos nosso velho amigo na nova empreitada.
 
Ideraldo Gomes comanda o Rio Branco Rádio Clube, uma nova jogada do Rio Branco, querendo congregar mais aficionados.
 
Ruy Monte, o repórter vivo, muito vivo, está em plena forma profissional, tanto no microfone como na imprensa escrita.
 
Jota Negrão, um dos maiores apaixonados pelo rádio, recebe hoje homenagem desta coluna.
 
MENSAGEM FINAL
 
Nunca duvide de um pequeno grupo de cidadãos conscientes e interessados possa mudar o mundo. Afinal, foi isso que sempre aconteceu. Margaret Mead
  • Palavras-Chaves
Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.