A Crise na Segurança Pública

Após fevereiro de 2017, a Associação de Cabos e Soldados foi obrigada a aumentar seu setor jurídico

 

Após fevereiro de 2017, a Associação de Cabos e Soldados do Espírito Santo (ACS) foi obrigada a aumentar drasticamente seu setor jurídico devido aos processos judiciais sofridos por militares. Acompanhe como as penalidades foram aplicadas de forma seletiva e sempre impondo derrota para o lado mais fraco da história.

Leia Também:

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

PM's contestam regras para promoções que excluem militares em licença médica

Quadro, que deve ser publicado nesta sexta-feira, não contempla policiais que encerraram 2018 afastados

Fórum nacional vai discutir em Vitória pleitos de policiais e bombeiros 

Pauta da valorização da categoria se somará a debate sobre projetos que tramitam no Congresso

Lenha na fogueira

Medidas do alto comando agravam clima de revolta na PMES e Assumção avisa: caem no colo de Casagrande

Pressão permanente

PMES e civis se unem em um “pacto unificado” para cobrar de Casagrande. Se esse caldo entorna...