'A tecnologia visa aumentar a lucratividade e não melhorar a qualidade de vida'

Programa Agenda Maior entrevista o professor de Economia da Ufes, Maurício Sabadini

Ao mesmo tempo em que possibilita comodidades em várias áreas, a tecnologia contribui para a precarização do mercado de trabalho, com reduzidos índices de ganhos sociais, explica o professor Maurício Sabadini, da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
1 Comentários
  • Guilherme Pereira , terça, 22 de outubro de 2019

    O professor Maurício nos presenteou com uma aula sobre a natureza do nosso modo de produção e deixa bem claro sua saga de estar sempre se transformando, por isso precisa de novas tecnologias, para ampliar sempre sua capacidade de obter lucros. Obviamente sua dependência da mão de obra, ao longo do tempo, é cada vez menor. Parabéns ao Séculodiário pela a excelente iniciativa de colocar no ar a Agenda Maior. Temas como estes abordados na Agenda Maior não devem ser limitados em tempo ou espaço, afinal esta limitação é o ponto negativo das mídias tradicionais que estão em processo de extinção exatamente porque não souberam aproveitar as vantagens da internet.

Matérias Relacionadas

Desvios cotidianos

Em meio ao caos do Centro de Vila Velha, o Sr. Antonio resiste à velocidade da cidade e da tecnologia