Andada do caranguejo começa nesta terça (8), proibindo coleta e comercialização

Serão quatro períodos de defeso até abril. Em Conceição da Barra, as datas são diferentes

O primeiro dos quatro períodos de andada do caranguejo-uçá (Ucides cordatus) começa nesta terça-feira (8), prosseguindo até o próximo dia 15, na maioria dos municípios capixabas, com exceção de Conceição da Barra, no extremo norte, que publicou portaria própria sobre o assunto, estabelecendo datas diferentes, com quinze dias de diferença em cada período.

A andada é a época em que o crustáceo faz o acasalamento e a desova, o que o torna uma presa fácil para os catadores.

Como forma de proteger o ciclo reprodutivo do caranguejo e garantir a continuidade do trabalho tradicional dos catadores, fica proibido, nesses períodos de andada, a coleta, o transporte, o beneficiamento, a industrialização, o armazenamento e a comercialização do crustáceo no Espírito Santo, sejam os indivíduos inteiros ou suas partes (quelas, pinças, garras ou desfiado).

A proibição vale inclusive para animais vindos de outros estados, podendo o infrator flagrado pagar multas que podem chegar a R$ 100 mil.

Prefeituras de todo o estado realizam, nessa época, trabalhos de conscientização e fiscalização em bares, restaurantes, feiras livres e outros estabelecimentos que comercializam o caranguejo-uçá.

Na maior parte do estado, os quatro períodos de defeso em 2019 são: de 8 a 15 de janeiro; de 6 a 13 de fevereiro; de 8 a 15 de março; e de 7 a 14 de abril.

Em Conceição da Barra, o Decreto nº 5.072, de 4 de janeiro de 2019, determina os seguintes períodos de andada: de 23 a 30 de janeiro; de 21 a 28 de fevereiro; de 23 a 30 de março; de 21 a 28 de abril.

No município, fica proibida a importação do crustáceo de outros municípios e que a andada aconteça em datas diferentes.

 

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.