Audifax acolhe membros da equipe de Hartung de olho na sucessão municipal

O prefeito da Serra, Audifax Barcelos, também é potencial candidato ao governo do Estado em 2022

Os ex-secretários de Estado no governo Paulo Hartung José Eduardo Faria de Azevedo, que ocupava a Pasta de Desenvolvimento Econômico, e o coronel Nylton Rodrigues, da Segurança Pública, são os futuros integrantes da equipe do prefeito da Serra, Audífax Barcelos (Rede), que já iniciou movimentos relacionados à sucessão municipal de 2020.

Essas ações estão ligadas, também, à sucessão do governador Renato Casagrande, em 2022, sendo o prefeito da Serra um dos potenciais candidatos, com o apoio do ex-governador Paulo Hartung. Em novembro de 2017, o então governador afirmou durante um ato público que Audífax seria um excelente governador do Estado. 

Como parte dessas alterações na estrutura administrativa, o prefeito exonerou, no final do ano passado, 720 ocupantes de cargos comissionados, 70 deles ligados ao deputado estadual Bruno Lamas (PSB), reeleito, e 40 do deputado estadual eleito Alexandre Xambinho (Rede), potenciais candidatos à Prefeitura da Serra.  

De acordo com fontes da Prefeitura da Serra, esses movimentos visam neutralizar o crescimento dos dois deputados. Como Bruno Lamas é filho da vice-prefeita, Márcia Lamas, e Xambinho pertence ao mesmo  partido de Audífax, algumas das demissões estão sendo revistas.  

No meio desse cenário, emerge a figura do coronel Nylton Rodrigues, ex-secretário de Segurança de Hartung, que seria o candidato do prefeito Audífax Barcelos à sua sucessão em 2020.  

O coronel substituiu André Garcia na Secretaria de Estado de Segurança Pública, que se licenciou para ser candidato a deputado estadual, em 2017, sem conseguir êxito. Durante o período em que ocupou o cargo,o coronel Nylton Rodrigues obteve grande visibilidade, por meio de operações policiais em morros de Vitória.  

José Eduardo Faria de Azevedo é engenheiro civil e possui um perfil mais técnico, tendo sido secretário de Desenvolvimento na gestão do ex-prefeito Sérgio Vidigal, hoje na Câmara Federal, e do próprio Audifax, antes de ingressar na equipe do ex-governador Paulo Hartung. 
 

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Situação do SML de Linhares pode levar à punição de ex-secretários de segurança

André Garcia e Nylton Rodrigues descumpriram ordem judicial sobre reforma do prédio

Beco sem saída

Audifax: de principal concorrente de Casagrande, a cabo eleitoral de Bruno Lamas?

Prefeitura da Serra entra na Justiça para evitar mortes e acidentes na BR-101

Gestão de Audifax Barcelos quer reinstalação de radares em trechos mais perigosos

Lagoas de Carapebus sofrem com poluição e descaso 

Até um pesque-pague famoso na Lagoa de Carapebus fechou as portas