Câmara de Vitória vai votar piso salarial do magistério na próxima terça-feira

Autor do projeto, Roberto Martins, convoca professores para a votação, que ocorrerá em dois turnos

A Câmara Municipal de Vitória vai votar, na próxima terça-feira (19), às 16 horas, a proposta que estabelece o piso salarial do magistério. Se aprovada, a medida fixará o piso municipal para que seja 50% maior do que o piso nacional dos professores. Por se tratar de uma emenda à lei orgânica, a votação não passa pela Prefeitura de Vitória, mas acontece em dois turnos no Plenário da Câmara.

De acordo com o vereador Roberto Martins (PTB), autor do projeto, para ser aprovado, o projeto precisa de dez votos a favor da emenda em cada turno. “Conto com a presença de todos e todas as professores para enchermos o Plenário e pedirmos, juntos, pela aprovação dessa medida”, convocou o vereador em suas redes sociais. O segundo turno da votação ocorre dez dias depois da primeira votação, caso seja aprovado.  

Em vídeo, o presidente da Câmara de Vitória, Cleber Felix (PROG), o vice-presidente, Sandro Parrini (PPT), e Roberto Martins falam sobre a votação. Felix afirma que assumiu o compromisso de colocar o projeto na pauta de votação. Parrini, por sua vez, se diz co-autor do projeto.

No dia três de outubro deste ano, os vereadores da Comissão de Educação aprovaram a Proposta de Emenda da Lei Orgânica (ELO) 01/2019, que fixa o piso salarial dos servidores do magistério público do Município de Vitória em 50% acima do Piso Nacional, de R$ 1.598,59 (25 horas) e R$ 2.557,74 (40 horas). A proposta também determina que o ingresso na carreira se dará exclusivamente por concurso público de provas e títulos. 

Concurso em andamento

A Prefeitura de Vitória está com concurso para provimentos de cargos para o magistério em andamento. Depois de problemas registrados na execução do certame, cujas provas foram realizadas no dia 26 de outubro, a entidade organizadora, o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade), anulou as provas para dois cargos, que refarão a prova no próximo dia 24.

A seleção contou com mais de 20 mil inscritos concorrendo a 172 vagas para professores da Educação Básica em diversas áreas.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Reajuste para servidores e alto escalão do governo tem urgência aprovada na Ales

Majeski lembrou que salários do governador, do vice e secretariado aumentaram 18% recentemente

Assembleia e MPES também apresentam propostas de reajuste para servidores

Projetos lidos nesta segunda-feira seguem o governo e o Tribunal de Contas, com índice de 3,5%

Professores de Vitória próximos de receber R$ 3,8 mil por 40 horas semanais 

Proposta de reajuste em 50% do valor do piso nacional foi aprovada em primeiro turno por unanimidade

Frente de Policiais pede reunião urgente com governador sobre reajuste

Depois de reuniões consideradas evasivas, agentes de segurança querem que Casagrande resolva o impasse