Casa antiga vira galeria de arte em Conceição da Barra

Exposição de Thiago Balbino abre a Casa da Barra, primeiro espaço cultural inaugurado no Estado na década

Fotos: Vitor Taveira

No Centro de Conceição da Barra, uma casa de 1935 agora dá lugar a um ateliê. galeria de arte e espaço para residência artística. A Casa da Barra foi inaugurada nesta quarta-feira, no primeiro dia de 2020, com a abertura da exposição do artista visual capixaba Thiago Balbino, que hoje reside na Alemanha.

Cerca de 30 obras de Thiago Balbino estão em exposição até o fim de fevereiro no local 

Com funcionamento inicial de quinta-feira a domingo, das 15h às 20h, a primeira exposição do espaço conta com cerca de 30 obras do artista, que desenvolve um trabalho em torno do afrofuturismo, trazendo elementos da realidade local. Um dos destaques vai para a tela que mostra o farol de Conceição a Barra trazido por um caranguejo, passando junto aos barcos e em frente ao casarão que hoje é a Casa da Cultura Hermógenes da Fonseca. Todas as obras expostas estão à venda, sendo substituídas por outras caso haja uma compra. O trabalho de Thiago Balbino segue no local até o fim de fevereiro.

A iniciativa de abrir o espaço surgiu a partir da vontade de Thiago e sua mãe, Sônia Rodrigues, de manter a proximidade com a cidade que tanto os acolheu e marca suas trajetórias de vida. Nos trabalhos com o movimento negro e a igreja, Sônia conheceu e se casou com Antônio Balbino, de descendência quilombola, filho de Tertolino Balbino, mestre emérito do Ticumbi de São Benedito.

Thiago Balbino e Sônia Rodrigues, filho e mãe unidos pela arte na Casa da Barra

Antônio faleceu ainda jovem num acidente automobilístico mas os vínculos de Sônia e Thiago permaneceram fortes com a família de Conceição da Barra, mesmo eles morando em Vitória. Numa dessas idas ao Norte para visitas familiares, Sônia encontrou a casa, bastante deteriorada, que estava à venda. Sem teto, tomado por mato, praticamente apenas com a fachada, o imóvel foi comprado e reformado com orientação de uma arquiteta especializada para manter ao máximo a estrutura original, que se observa nas paredes em tijolos expostos, complementadas com paredes construídas para dar forma ao sonho de criar ali um espaço cultural na cidade que é um importante polo das manifestações de cultura popular do Espírito Santo.

No primeiro dia de abertura foi grande o fluxo de visitantes e curiosos. A mais honrosa delas uma visita do Ticumbi, que o incluiu dentro do percurso de casas visitadas durante os festejos que acontecem nas proximidades da virada do ano. Thiago chegou a participar quando criança dos festejos e se inspira nas manifestações afrobrasileiras do município para compor sua obra. Lembra admirado da contemplação dos próprios integrantes do Ticumbi sobre sua obra durante a visita, como retratados que olham para seu retrato.

Além da exposição, dias antes aconteceu a primeira residência artística do local, que contou com Thiago Balbino e outros importantes nomes da arte urbana do Espírito Santo: Luhan Gaba, Starley e Kika Carvalho, por meio do projeto Cores de Reis, iniciado anos atrás e que já deixou outros registros pela cidade e por outros municípios. O resultado da residência no fim de 2019 foi a pintura de obras na sede da Associação de Folclore de Conceição da Barra retratando os congos, que participam do Ticumbi, e Dona Rosa Dealdina, importante liderança quilombola e apoiadora das festas populares, falecida há seis meses.

Obra de Luhan Gaba na Associação de Folclore, como parte da residência artística na Casa da Barra

A Casa da Barra, que ainda está finalizando suas obras, tem condições de receber até seis artistas para residências, buscando proporcionar vivências e produções de obras que dialoguem com a realidade do entorno em que está situada. A fachada do imóvel, hoje pintada de laranja, deve também ganhar pinturas em breve, estendendo a galeria até as ruas.

A casa de 1935 está localizada próximo ao Cais do Porto, no Centro de Conceição da Barra

Para um futuro próximo, entre os planos está a realização de uma exposição fotográfica com registros feitos no município. Sônia e Thiago ressaltam que a casa está aberta a novas propostas de exposições, residências ou outros eventos ao longo do ano. Mais informações podem ser obtidas no Instagram oficial do espaço. A Casa da Barra está localizada na Rua 23 de Maio, número 91, próximo à Praça do Cais.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Blocos se organizam por melhorias no Carnaval do Centro de Vitória

Representados desde o ano passado pelo Blocão, 14 agrupações discutem com poder público questões da festa

Atividades culturais e tartarugas são atrações em Regência

Todos os sábados até o carnaval acontece corrida de filhotes com feira cultural no Projeto Tamar

O lugar mais underground de Vitória

Conheça a Sala Pós-Cirúrgica, espaço cultural que realiza eventos com música autoral e artes visuais

Em 'Resquícios', a natureza é a escultora

Exposição de trabalhos com madeira de Henrique Luiz Custodio estreia sábado (25) no Eliziário Rangel