Casagrande anuncia mais cinco nomes e nada de Saúde e Agricultura

Ângelo Baptista (foto), da equipe de transição, será o presidente do Bandes

O governador eleito, Renato Casagrande (PSB), anunciou nesta terça-feira (4) mais cinco nomes que irão compor o seu secretariado. Ao contrário do que era esperado no mercado político, porém, deixou para depois os indicados para as secretaria de Saúde e de Agricultura, que deverão ser ocupadas por representantes mais diretos de coligações partidárias. 

Nesta terça, o governador eleito concluiu a cúpula de segurança pública, ao anunciar o atual coordenador estadual de Defesa Civil, coronel Alexandre dos Santos, como o futuro comandante do Corpo de Bombeiros. 

Também apresentou o secretário de Gestão e Recursos Humanos do seu primeiro mandato, Alício de Araújo, como presidente da Companhia Espírito-Santense de Saneamento (Cesan), e pelo promotor cultural  Fabrício Noronha para a Secretaria de Cultura, o que causou surpresa nos bastidores. 

Já para presidente do Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes), o escolhido foi o economista Vasco Cunha Gonçalves, e para o Banco de Desenvolvimento do Estado (Bandes), Angelo Baptista, integrante da equipe de transição.

Além dos divulgados nesta terça-feira, Casagrande já formalizou os seguintes nomes: coronel Moacyr Leonardo Barreto Mendonça, comandante da Polícia Militar; delegado José Darcy Santos Arruda, Polícia Civil; o coronel Jocarly Martins de Aguiar Júnior, Casa Militar; Lenise Loureiro, Gestão e Recursos Humanos; Valésia Perozini, chefe de Gabinete; Fabio Damasceno, Transportes e Obras Públicas.

E também: Tyago Hoffmann, Governo; Nara Borgo, Direitos Humanos; Luiz Carlos Cruz, Justiça; Luiz Cesar Maretto, Departamento de Estrada de Rodagem (DRE-ES); Álvaro Duboc, Planejamento; Rogelio Pegoretti, Fazenda; Vitor de Angelo, Educação; Davi Diniz de Carvalho, Casa Civil; Flavia Mignoni, Comunicação; Luiz Paulo Vellozo Lucas, Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN); Roberto Sá, Segurança Pública; e Rodrigo de Paula, Procuradoria-Geral do Estado.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.