Casagrande debate Previdência e gestão pública com governadores em São Paulo

O governador participa do encontro neste sábado, com mais 10 secretários do Estado

A reforma da Previdência e questões da área de Segurança Pública são dois dos mais importantes temas que serão abordados na reunião dos governadores do Consórcio de Integração Sul-Sudeste (Cosud) neste sábado (27), no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. 

O governador Renato Casagrande segue nesta sexta-feira (26) para a capital paulista, acompanhado por 10 secretários de Estado, que participarão de debates sobre temas temáticos de suas pastas, visado maior integração no desenvolvimento da gestão pública. 

João Dória (PSDB), governador de São Paulo, anfitrião do encontro, é um dos principais defensores da aprovação urgente do novo sistema de aposentadorias proposto pelo governo federal, em tramitação no Congresso Nacional. 

O governador capixaba também é favorável à proposta, mas com alterações. Para Casagrande, a mudança no sistema previdenciário deve conter mecanismos para redução das desigualdades sociais, apontado como questão central da gestão pública. O governador fez ressalvas, também, ao regime de capitalização, sem a participação do empregador. 

Os líderes estaduais debaterão, além da reforma da Previdência, renegociação das dívidas dos estados com a União e cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal. 

Participam do encontro do Cosud, além de Renato Casagrande e João Doria (PSDB), os governadores Wilson Witzel (PSC), do Rio de Janeiro; Romeu Zema (Novo), Minas Gerais; Ratinho Júnior (PSB), Paraná; Carlos Moisés (PSL), Santa Catarina; e Eduardo Leite (PSDB), Rio Grande do Sul. 

Seguem com Casagrande os secretários Álvaro Duboc (Planejamento), Tyago Hoffman (Governo), Roberto Sá (Segurança), Luiz Carlos Cruz (Justiça), Vitor de Angelo (Educação), Dorval Uliana (Turismo), Heber Viana Resende (Desenvolvimento), Fábio Damasceno (Transportes), Cristina Engel (Ciência e Tecnologia) e Nésio Medeiros (Saúde). 

O primeiro encontro oficial do Cosud aconteceu em Belo Horizonte, em março. No evento desta semana, apenas Witzel deverá estar ausente devido a compromissos previamente agendados – o governo do Rio estará representado pelo vice-governador Cláudio Castro.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Servidores denunciam Renato Casagrande à Comissão de Ética do PSB  

Categorias apontam que apoio do governador à reforma da Previdência é caso de infidelidade partidária

Governador anuncia 28 novas escolas em tempo integral em 2020

O número de alunos irá dobrar com a expansão, que incluirá também escolas do campo

IBGE detecta volta do aumento da desigualdade social no Brasil

Apesar da conjuntura nacional, está ao alcance de Renato Casagrande reduzir isenções fiscais e sonegação

‘Hartung continua a catequizar técnicos qualificados e ignorantes políticos’

Economista Eduarda La Rocque contesta o Estadão e defende política fiscal e educacional de Casagrande