'CEI da Saúde' vai investigar denúncias de irregularidades na Serra

O presidente da Câmara, Rodrigo Caldeira, indicará os membros da comissão até a próxima semana

A Câmara de Vereadores da Serra instaurou na tarde desta quarta-feira (13) uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar suspeita de mau uso e desvio do dinheiro público na área da Saúde do município. Os membros da comissão serão anunciados pelo presidente da Casa, Rodrigo Caldeira (Rede), na próxima semana. 

A comissão pretende investigar, também, supostas irregularidades em contratos celebrados entre a prefeitura e empresas prestadoras de serviços, incluindo o pagamento de propina. 

O pedido para a criação da "CEI da Saúde" foi encaminhado ao presidente Rodrigo Caldeira (Rede) e apresentado ao plenário com a assinatura de 17 dos 23 vereadores, que acompanharam os autores do requerimento, Carlos Augusto Lorenzoni (Rede) e Aécio Darli de Jesus Leite (PT). 

Deixaram de assinar o pedido de criação da CEI os vereadores Guto Lorenzoni (PP), Robinho Gari (PV), Miguel da Policlínica (PTC), Luiz Carlos Moreira (MDB), Fábio Duarte (PDT) e Ericson Duarte (Rede). 

Os vereadores destacam no requerimento que a comissão é o prosseguimento de um movimento iniciado em 2016, sem obter êxito, que recebeu o o nome de “CPI do Audifax”, referência ao prefeito do município, Audifax Barcelos (Rede). 

Eles apontam as irregularidades e citam entre as falhas a falta de controle e fiscalização de contratos com empresas prestadoras de serviços e de acompanhamento de fornecimento de produtos hospitalares, abrindo a possibilidade para pagamento de propina. 

O requerimento para criação da CEI cita contratos de manutenção hospitalar e odontológica, falhas no setor de Raio-X das unidades de saúde do município e as empresas que seriam favorecidas. O abastecimento de gás medicinal é apontado como uma das áreas onde poderia haver pagamento de propina, a partir a falta de controle na pesagem dos caminhões para medir o volume do produto entregue às unidades hospitalares.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Tribunal revoga decisão de juíza e reforça oposição a Audifax na Câmara da Serra

O vereador Nacib Haddad entrou com novos recursos a fim de garantir seu retorno às funções

Testemunha confirma fala de vereador da Serra que pode cassar seu mandato

O processo por falta de decoro contra Fábio Duarte tem 60 dias de prazo para conclusão

Oitivas em processo de cassação contra vereador da Serra começam segunda-feira

Fábio Duarte é acusado de fazer acusações em áudio ao bloco de oposição ao prefeito Audifax

Câmara da Serra ignora ponto facultativo de Audifax e prossegue com denúncia

Prefeito foi denunciado por supostos atos ilícitos, segundo parecer de área técnica do Tribunal de Contas