Circuito Caparaó realiza levantamento dos prejuízos com fechamento de parque

Parque Nacional do Caparaó está fechado por tempo indeterminado, impactando o turismo local

Os empresários que compõem o Circuito Caparaó Capixaba realizam um levantamento dos prejuízos econômicos que o setor já sofre e continuará sofrendo enquanto a portaria do Parque Nacional (Parna) do Caparaó em Pedra Menina estiver fechada, em decorrência das enchentes que assolaram o Estado no mês passado. 

O fechamento foi determinado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que administra a unidade de conservação, no último dia 24 de janeiro, para ambas as portarias, a capixaba e a mineira, por tempo indeterminado. 


Foto: ICMBio

“Em função das intensas chuvas que atingiram a região, os acessos internos da unidade foram comprometidos com quedas de barreiras e árvores, entre outros inúmeros danos, não se tendo condições mínimas de trafegabilidade e segurança”, explica o técnico administrativo Euler Gontijo Machado, chefe substituto do parque. 

No tocante à portaria de Pedra Menina, especialmente, prossegue o chefe, além das quedas de barreiras e árvores, há trechos em que o próprio leito da estrada cedeu. “Estamos empenhados em viabilizar a recuperação das estradas e estruturas danificadas, conscientes da dimensão dos danos, notadamente em relação à portaria de Pedra Menina. Assim que alcançarmos as condições necessárias para reabertura da unidade, daremos ampla publicidade”, informou.

A administração do Parque aguarda, para esta semana, a chegada de uma equipe de engenharia e obras do ICMBio que irá avaliar os danos e elaborar planejamento emergencial para a recuperação das estradas e estruturas físicas do parque. 

Enquanto isso, o Circuito Caparaó Capixaba faz o que pode para quantificar e minimizar os prejuízos do setor turístico, tão importante economicamente para a região. 

Um formulário online, com garantia de sigilo dos dados, pode ser preenchido pelos proprietários de estabelecimentos comerciais de Dores do Rio Preto, Divino de São Lourenço, Ibitirama, Guaçuí e áreas fronteiriças para que se tenha uma visão melhor das perdas de renda e empregos. 

“A portaria capixaba do parque recebeu 40 mil visitantes em 2019. Considerando uma média de consumo de no mínimo R$ 100 por visitante, são R$ 4 milhões em um ano, dinheiro que circula entre pousadas, restaurantes, mercados, padarias, farmácias e lojas diversas. É uma quantia importante para a economia da região”, pontua Marcelo Sanglard, presidente do Circuito Caparaó Capixaba. 

O Circuito mensura que a capacidade instalada dos empreendimentos da região hoje é de 1.100 refeições simultâneas e 550 leitos. 

“Nós temos notícias de cancelamento de reservas e outros empresários receando ter que fechar estabelecimento em função do fechamento da portaria”, diz, ressaltando que os meses de dezembro, janeiro, fevereiro e julho são os mais movimentados para o turismo da região. 

Outra ação em curso do Circuito é fortalecer a campanha permanente de divulgar outros atrativos turísticos, além do parque. “O Caparaó não é só o Pico da Bandeira”, enfatiza, citando cachoeiras e outras atrações, distribuídas ao longo de todo o entorno da unidade.

O Circuito abriu também uma conta bancária para recebimento de doações que possam ajudar a restabelecer o acesso à portaria da Pedra Menina. 

Bancoob/Sicoob
Banco nº 756
Agência: 0001-9
C/P: 63.257.610-3
Associação Circuito Caparaó Capixaba
CNPJ: 28.404.358/0001-07
 

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

‘Bloco dos voluntários’ faz mutirão de Carnaval no Parque Nacional do Caparaó

Sem orçamento federal para as obras, comunidade arrecada doações e recupera estradas da portaria capixaba

Pedra Menina realiza mutirão para reconstruir acessos do Parque do Caparaó

Primeira ação foi transferida para esta quarta-feira. Voluntários cadastrados podem participar

Pedra Menina recebe mutirão para reconstruir acessos do Parque do Caparaó

Primeira ação acontece neste sábado. Voluntários cadastrados podem participar

Lideranças capixabas criticam troca de chefe do Parque Caparaó

Analista ambiental foi substituído por um comerciante e ex-candidato a vice-prefeito pelo DEM