Congresso de professores lança frente em defesa da educação e da democracia

Evento irá debater desafios atuais da área e celebrar memória e legado de Paulo Freire

Será lançada nesta sexta-feira (13), a Frente em Defesa da Educação Pública e da Democracia, a ser integrada por entidades sindicais e outros representantes dos movimentos sociais. A iniciativa é parte da programação do 35º Congresso Estadual dos Professores em Educação Pública do Estado. 

A Frente, segundo seus organizadores, terá como principais linhas de atuação garantir o cumprimento das metas dos Planos Nacional, Estadual e Municipal de Educação, a instituição de um Novo Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) permanente e com mais recursos da União, além de lutar pela valorização e a defesa dos direitos dos trabalhadores.

O papel da educação pública na defesa da democracia, os riscos com o fim do Fundeb e como os educadores podem contribuir para combater as Fake News também farão parte das discussões.

Mais de quatro mil trabalhadores em educação pública no Espírito Santo estão reunidos nesta quinta (12) e sexta-feiras (13), em Vitória, tendo como tema central Paulo Freire – Educação, Resistência e Democracia. Organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública no Espírito Santo (Sindiupes), o evento reúne professores, pedagogos e funcionários de escolas das redes públicas municipais e estadual, no Centro de Convenções de Vitória, Santa Lúcia.

Paulo Freire

Patrono da Educação Brasileira, o filósofo e educador pernambucano Paulo Freire (1921-1997) é o grande homenageado do 35º Congresso Estadual, como forma de celebrar e reafirmar a importância de sua pedagogia crítica, libertadora e progressista, e por sua contribuição à educação e à sociedade brasileiras.

O diálogo, a esperança, o respeito, a liberdade, a autonomia e a consciência crítica – alicerces da pedagogia do educador e filósofo Freire -,  nortearão as palestras, debates e demais atividades.

O evento conta com a presença de especialistas renomados do Espírito Santo e de outros estados brasileiros, que também irão abordar questões ligadas à Educação Especial, Igualdade de Gênero, Racismo e Saúde do Trabalhador 

O Congresso Estadual do Sindiupes integra o calendário de eventos da América Latina em preparação ao centenário de Paulo Freire, a ser comemorado em 21 de setembro de 2021, com articulação da Internacional da Educação América Latina-IEAL e da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

No atual contexto político e social, marcado por perseguições ao pensamento crítico e redução de investimentos na educação pública, o evento irá reiterar a importância de Paulo Freire como inspiração na luta pela educação pública de qualidade, gratuita, laica e democrática, como direito social a ser garantido pelo Estado a todos os cidadãos.

Leia Também:

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Serra faz mutirão para matricular jovens e adultos afastados da escola

As ações começam nesta semana em escolas, igreja e até no terminal rodoviário 

Professores da Ufes devem retornar das férias em estado de greve 

Reunião unificada dos docentes das instituições federais apontou a construção do movimento paredista

Alunos de Aracruz são aprovados no Ifes com apoio voluntário de professores 

Docentes de escola estadual deram aulas de reforço como voluntários. Sete alunos foram aprovados

Campanha denuncia universidade 'em liquidação'

Sintufes, Adufes, DCE e outros grupos criaram a S.O.S. Ufes para alertar sobre impactos do Future-se