Definição sobre vaga de Valci Ferreira reacende disputa ao Tribunal de Contas

A defesa do conselheiro afastado, que está preso, entrou com pedido de aposentadoria no IPAJM

O processo para declarar vago o cargo do conselheiro afastado Valci Ferreira, que se encontra preso, pode ser definido logo no início de outubro, com o parecer do relator do caso no Tribunal de Contas do Estado (TCE), Domingos Taufner, de acordo com informações que circulam no mercado político e que ampliam a disputa entre os candidatos. A cadeira foi solicitada oficialmente pelo presidente da Assembleia Legislativa, Erick Musso (PRB).

 

Valci Ferreira está afastado desde 2007, em decorrência de denúncia de desvio de dinheiro público e fraude em licitações, sendo condenado a 10 anos de prisão, que cumpre na Penitenciária de Viana desde fevereiro último. 

 

Nesta semana,  a defesa do conselheiro iniciou o procedimento para o pedido de aposentadoria no Instituto de Previdência dos Servidores Públicos (IPAJM), com base no tempo de contribuição, que pode apressar o processo de declarar o cargo vago.

 

Em julho deste ano, foi formalizado pelo presidente da Assembleia o pedido de vacância da cadeira, sendo o deputado estadual Marcelo Santos (PRB) sinalizado como candidato articulado pelo Palácio Anchieta, dentro da estratégia do governador Paulo Hartung de garantir a indicação de aliados para o cargo antes de deixar o comando do Estado.

 

Apesar de afastado e preso, Valci Ferreira recebe o salário mensal de R$ 15, 8 mil e sua situação judicial impede a indicação do substituto. Além da solicitação da Assembleia, o pedido de aposentadoria é mais um fator par apressar a decisão.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Contarato pede suspensão de decisão de Toffoli que beneficia Flávio Bolsonaro

Contarato acha que decisão de Dias Toffoli pode gerar mais impunidade para crime de lavagem de dinheiro

Dallagnol aproveitou fama da Lava Jato para faturar também no Espírito Santo

O plano de palestras montado com a operação trouxe Deltan Dellagnol ao Estado entre 2016 e 2018

Ministério Público desmonta esquema de corrupção em prefeituras

A operação envolve empresários e servidores públicos em fraude de licitações para a coleta de lixo

Polícia Federal cumpre mandado de prisão contra presidente do Banestes

Vasco Cunha Gonçalves tomou posse na Presidência do Banestes nessa segunda-feira