Documentário registra história e beleza de São Pedro de Itabapoana

Filme de Cloves Mendes ouviu moradores do importante sítio histórico, mas pouco conhecido pelos capixabas

Localizado no município de Mimoso do Sul, o distrito de São Pedro do Itabapoana é uma das pequenas joias escondidas no interior do Espírito Santo. Com sua arquitetura colonial, o casario do local é tombado como patrimônio cultural do Estado desde 1986, além de ser conhecido como capital da sanfona e da viola. O documentário Sítio Histórico de São Pedro do Itabapoana, dirigido por Cloves Mendes, apresenta um pouco dessa realidade para próximo dos distantes moradores da Capital, com lançamento na quinta-feira (29), no Cine Metrópolis, em Vitória.

A produção, de 32 minutos de duração, foi realizada em função de um levantamento do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) enxergando potencial para tombamento do local a nível nacional. Assim, a obra traz depoimentos principalmente dos moradores de São Pedro do Itabapoana, além de entrevistas com técnicos e apoio em pesquisas feitas por estudantes de mestrado e pelo próprio Iphan.

No dia 3 de agosto, o documentário foi exibido pela primeira vez. Não podia ser diferente: na própria comunidade. "Acho que o resultado está sendo muito positivo e revelador. Na primeira exibição, o filme foi muito aplaudido, principalmente porque a plateia era em sua maioria da região. E os moradores locais que são os protagonistas do documentário. Dia 29 vai ser a segunda exibição e para um público distante, em todos sentidos, das histórias de lá", afirmou o diretor.

O filme é fruto de uma parceria que envolve várias entidades: Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), por meio da Secretaria de Cultura; Iphan; Secretaria de Estado da Cultura (Secult); Prefeitura de Mimoso do Sul e Associação de Moradores de São Pedro do Itabapoana. O documentário tem a produção de Antonio Balbino, imagens de Sander Calmon e Pedro Padovan, locução de Carol Veiga e música de Carlos Henrich.

São Pedro de Itabapoana já foi o segundo município mais populoso do Estado, sendo centro importante e com influência política a nível regional, até os anos 20 do século passado. Nos anos 30 foi criado o município de Mimoso do Sul e São Pedro virou distrito do mesmo. Hoje o distrito possui pouco mais de mil moradores e recebe anualmente o Festival de Inverno de Sanfona e Viola, que já teve 22 edições.

AGENDA CULTURAL

Lançamento do documentário Sítio Histórico de São Pedro do Itabapoana

Quando: Quinta-feira, 29 de agosto, 19h30

Onde: Cine Metrópolis - Campus da Ufes em Goaibeiras - Avenida Fernando Ferrari, Vitória/ES.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

No 'underground', Revirada Cultural vai 'aquecer' para o Viradão Vitória

A Banca Bicho Solto é uma das quase 30 atrações do evento que acontece dia dia 27 na Casa da Barão

Festa da Integração reúne grupos de cultura popular no Caparaó

Evento busca integrar comunidade de Patrimônio da Penha e valorizar as tradições culturais do Estado

Encontro de Folia de Reis ainda não tem data para edição 2019

Coluna CulturArte: ES na TV Cultura, navio-livraria em Vitória, novo disco de Macacko, 40 anos de ateliê

Em novo local, Movimento Samba Novo apresenta canções inéditas

Articulando compositores capixabas, MSN chega à marca de 80 novos sambas lançados para o público