Deputado diz que prefeito de Colatina quer proteger Samarco

Para Enivaldo dos Anjos, Leonardo Deptulski não deveria apressar captação de água no rio Doce antes de ter certeza de que não há risco de contaminação

Durante a reunião extraordinária da Comissão de Representação da Assembleia Legislativa, que acompanha os impactos da tragédia ambiental que afeta o rio Doce e a costa capixaba, o deputado estadual Enivaldo dos Anjos (PSD) voltou a criticar o prefeito de Colatina. Na avaliação do deputado, Leonardo Deptulski (PT) tem tido uma posição condescendente em relação à Samarco/Vale. 
Nesta terça-feira (24) durante a reunião, Enivaldo denunciou que o prefeito de Colatina estaria comprometido com um movimento visando a aliviar a responsabilidade da Samarco/Vale no crime ambiental. 
O deputado do PSD entende que os dois prefeitos do PT – Deptulski (Colatina), e Elisa Costa (Governador Valadares, MG) - tenham apressado a volta da captação de água do rio Doce, mesmo diante das fortes suspeitas de contaminação. Ele advertiu que a parte mais densa da lama do rompimento da represa da Samarco/Vale, em Mariana, ainda não chegou nos municípios de Baixo Guandu, Colatina e Linhares, os mais afetadas pela tragédia ecológica.
Para Enivaldo, o prefeito de Colatina vem repetindo o discurso do governo federal e da Samarco/Vale de que não há níveis de contaminação na água do rio que ofereçam risco à população. 
De outro lado, Enivaldo elogiou a postura do prefeito de Baixo Guandu, Neto Barros (PCdoB), também no noroeste do Estado, que vem exigindo a prisão dos dirigentes da Samarco responsáveis pelo crime ambiental. 
Para o comunista, não basta que a empresa pague as multas e indenizações, como se fosse uma contrapartida para reparar o dano ambiental. Neto Barros defende que os representantes da empresa sejam punidos como criminosos que são.
  • Palavras-Chaves
Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.