Equipe de transição de Casagrande marca primeira reunião para o dia 16

Álvaro Duboc, Ângelo Baptista, Lenise Loureiro e Tyago Hoffman formam o ''time'' do governador eleito

Será na próxima terça-feira (16) a primeira reunião da equipe de transição do governador eleito, Renato Casagrande (PSB), com os técnicos do governo Paulo Hartung (MDB). Os profissionais vão dialogar com a equipe anunciada pelo atual governo, buscando informações sobre a gestão.  

Renato Casagrande anunciou na manhã desta quinta-feira (11) os nomes de sua equipe, que será coordenada pelo delegado federal aposentado Álvaro Duboc. Além dele, integram o grupo a advogada Lenise Loureiro e os economistas Tyago Hoffman e Ângelo Baptista. 

“Nossa equipe vai analisar dados da cultura, do esporte, da educação, da segurança, do desenvolvimento urbano. Enfim, de todas as áreas que cabem ao poder público atuar junto à sociedade”, disse o governador eleito. 

Segundo Casagrande, o “objetivo é elaborar um documento que seja uma radiografia de cada área, para que a aponte, a partir daí e dentro do plano de governo que apresentamos na campanha, as nossas ações”. 

O  coordenador da equipe, Álvaro Duboc, é delegado federal aposentado e foi secretário de ações estratégicas do governo Casagrande; Ângelo Baptista é economista, especialista em logística e ex-diretor da Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa); Lenise Loureiro é advogada, foi secretária de desenvolvimento da Prefeitura de Vitória e diretora/presidente do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf) no governo Casagrande; Tyago Hoffman, economista, foi secretário de governo e da Casa Civil, também na gestão socialista.

Tyago Hoffman foi ainda dos coordenadores da campanha de Renato Casagrande ao governo, sendo um dos mais próximos auxiliares do futuro governador. Já Lenise Loureiro, considerada braço-direito do prefeito de Vitória, Luciano Rezende (PPS), vem de uma derrota na disputa à Câmara Federal. Estreante, recebeu pouco mais de 17 mil votos, concorrendo pelo mesmo partido do prefeito. 

A equipe de transição do governo Paulo Hartung, que vai se reunir com a de Casagrande, será coordenada pela secretária de Estado do Governo, Ângela Maria Soares Silvares. Também fazem parte os secretários de Economia e Planejamento e de Controle e Transparência, Regis Mattos Teixeira e Marcos Paulo Pugnal da Silva, respectivamente. 

De acordo com o decreto do governador, havendo necessidade, o coordenador da equipe poderá requisitar servidores de outros órgãos, visando apoiar o processo de transição.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Governo cria mecanismo para diversificar aplicação de dinheiro do petróleo

Com o Fundo Soberano, Casagrande pretende viabilizar investimentos em área vitais para a economia

Estado Presente pode aumentar mortes nas periferias e criminalizar a pobreza

Entidades do movimento social criticam que políticas sociais só terão início no segundo semestre deste ano

Casagrande diz que não negará parceria com o governo Bolsonaro 

Renato Casagrande aprova a reforma da previdência, mas acha difícil a tramitação de um regime a outro

Espaço secundário

Majeski ser jogado para escanteio no governo Hartung, sempre foi o esperado. Mas no período Casagrande...