Feira da Reforma Agrária terá três dias de comida, política e cultura

Venda de alimentos, debates e shows transformarão o ambiente da Praça Costa Pereira na próxima semana

De 7 a 9 de novembro, será realizada na Praça Costa Pereira, no Centro de Vitória, a quarta edição da Feira da Reforma Agrária do Espírito Santo, organizada pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Nela, os visitantes podem encontrar produtos in natura e industrializados de todas as regiões em que o movimento atua no Estado e também de outros estado do país, comercializados pelos próprios agricultores ou produtores provenientes de assentamentos de reforma agrária.

Além disso, durante os três dias será possível conhecer mais da cultura camponesa e urbana e também participar de debates e rodas de conversas relacionadas com temas de interesse que envolvem a questão do campo e dos alimentos.

A feira funcionará de 7h às 19h e contará com a programação educativa e cultural em paralelo. Entre as atrações culturais, estarão grupos dos próprios assentamentos, como o forró do Chapéu de Palha e show das Mulheres Cantadeiras do MST, além de convidados como o bloco Afrokizomba e o Samba Community, mantendo a tradição da feira de abrir diálogo entre movimentos políticos e culturais do campo e da cidade.

Fazendo a mesma ponte entre o urbano e o rural, haverá uma visita à Horta Comunitária Quintal da Cidade, um exemplo de agricultura urbana, onde será realizada uma roda de conversa sobre agroecologia e alimentação saudável. Outros debates que acontecerão trarão temas como Educação no Campo, Saúde e Alimentação Saudável; Agroecologia, Cultura e Mulheres no MST;  Feminismo Camponês Popular.

A centralidade da questão das mulheres e da luta popular também estará presente na homenageada do ano, que será a revolucionária alemã Rosa Luxemburgo.

Confira abaixo a programação completa.

IV Feira da Reforma Agrária do Espírito Santo

7 a 9 de novembro, Praça Costa Pereira, Centro de Vitória

Exposição e venda de Produtos da Reforma Agrária das 7h às 19h.

Quinta-feira (07/11)

Montagem dos stands e exposição da produção da Reforma Agrária

15:00h – Visita à Horta Comunitária Urbana e Roda de Conversa sobre agroecologia e alimentação saudável

19:00h - Abertura oficial da Feira

21:00h – Show com Grupo de Forró Chapéu de Palha

Sexta-feira (08/11)

09:00h – Roda de conversa sobre a Educação do Campo

10:00h – Roda de Conversa sobre Saúde e alimentação saudável

15:00h – Debate: Agroecologia, Cultura e mulheres no MST, com Ana Manuela Chã e Gladys Cristina de Oliveira (MST)

19:30h: Homenagem a Rosa Luxemburgo: a vermelha e às Mulheres em luta semeando resistência

21:00h – Show com as mulheres “CANTADEIRAS” do MST

Sábado (09/11)

09:00h – Roda de Conversa Feminismo camponês Popular

11:00h – Apresentação do Bloco Afro Kizomba

12:00h – SAMBA na feira com Grupo Samba Community

14:00h – Encerramento da feira

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Família enfrenta maratona em busca de vacina para recém-nascida em Cariacica

Nascida na Maternidade São João Batista, recém nascida não foi vacinada. Nos postos de saúde não há doses

Aldeia Temátika recebe visitas para conhecer cultura Guarani em Aracruz

Trilhas, passeios de barco, gastronomia, artesanato e danças típicas fazem parte das atividades do local

Coletivo Levante da Cultura se organiza no Espírito Santo

Na coluna: trailer de inabitáveis, blog do Grijó, lançamentos Laja Records, restauração do Homero Massena

Municípios do sul são os campeões no consumo de glifosato no Estado

Herbicida representa 54% dos agrotóxicos usados na região, que chega a 1,23 milhões de quilos/ano