Feira orgânica na Assembleia Legislativa começa nesta terça-feira

Agricultores certificados de Santa Maria de Jetibá comercializarão seus produtos semanalmente de 8h às 15h

A Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) é o endereço da mais noiva feira orgânica do Espírito Santo. A inauguração acontece nesta terça-feira (14), de 8h às 15h, no segundo andar do prédio, próximo ao restaurante.

Serão aproximadamente 78 variedades disponíveis à sociedade, dentre eles folhas, legumes e verduras; grãos, frutas e medicinais.

Os agricultores são certificados pelo Instituto Chão Vivo e vêm de Santa Maria de Jetibá, na região serrana, município pioneiro na produção orgânica no estado.

A iniciativa foi dos deputados Luciano Machado (PV) e Adilson Espindula (PTB), e tem objetivo de divulgar e incentivar a produção da agricultura orgânica no estado. “A feirinha na Assembleia Legislativa vai permitir a aquisição de produtos de ótima procedência e que fazem bem à nossa saúde”, declarou o petebista.

Luciano Machado vê na feira a oportunidade de estimular a comercialização. Ele citou que o crescimento dos orgânicos vem aumentando na última década.

Levantamento do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) apontou um aumento de 300% no número de unidades de produção orgânica entre 2010 e 2018 no Brasil. Atualmente, 22 mil estão regularizadas.

No Espírito Santo, há cerca de 450 empreendimentos orgânicos registados no Mapa, sendo cerca de 250 certificados. Desses, 100 receberam certificação neste mês de março, por meio do Sebrae/ES, mostrando o crescimento significativo no Estado. Outros 196 estão cadastrados por meio de 21 Organizações de Controle Social (OCS), que os credenciam para a venda direta ao consumidor – feiras livres e delivery – e em programas de governo como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

O Espírito Santo conta hoje com mais de 40 feiras orgânicas ou agroecológicas, sendo referência nacional no assunto.Algumas feiras orgânicas e agroecológicas no Espírito Santo:

Vitória
Barro Vermelho: sábado, das 6h às 12h
Praça do Papa: quarta-feira, das 15h às 20h
Jardim Camburi: sábado, das 6h às 12h
Shopping Victoria Mall: quarta-feira, das 16h às 20h
Shopping Centro da Praia: sábado, das 9h às 13h
Vila Rubim: sábado, de 8h às 15h
Shopping Tiffany Center: quarta-feira, de 10h às 16h
Shopping Boulevard da Praia: quinta-feira, 14h às 19h
Parque Botânico Jardim Camburi: quinta-feira, 10h às 14h
Shopping Centro da Praia: sábado, 9h às 13h
Shopping Vitória: segunda-feira, das 16h às 20h
Shopping Norte-Sul (Jardim Camburi): terça-feira, 10h às 15h
Catedral: quarta-feira, 14h às 18h
Praça Getúlio Vargas: quinta-feira, 8h às 12h
Ufes (IC-II): terça-feira, de 8h às 13h
Morro do Quadro: quarta-feira, 14h às 18h
Prainha de Santo Antonio: sexta-feira, 17h às 21h
Mercado São Sebastião: quarta-feira, 17h às 20h
Praça dos Namoradores: sexta-feira, 18h às 22h
Assembleia Legislativa: terça-feira, 8h às 15h

Vila Velha
Praia da Costa: sábado, das 6h às 13h
Boulevard Shopping: domingo, das 11h às 16h
Coqueiral de Itaparica (3ª Etapa): terça-feira, 16h às 20h

Cariacica
Shopping Moxuara: quinta-feira, das 16h Às 19h
Campo Grande: sábado, 8h às 12h

Serra
Valparaíso: terça-feira, 16h às 20h
Serra-Sede: terça-feira, 16h às 20h
Bairro de Fátima: quarta-feira, 16h às 20h
Nova Carapina: quintas-feiras, 14h às 20h
Feu Rosa: sextas-feiras, 8h às 12h

Guarapari
Muquiçaba: sábado, 8h às 12h
Parque da Areia Preta: terça-feira, 8h às 12h

Aracruz
Centro: sábado, 8h às 12h
Coqueiral: sexta-feira, 8h às 12h

Cachoeiro de Itapemirim
Perim Center: domingo, 10h às 16h

Guaçuí
Praça Igreja Católica: quinta-feira, a partir das 17h

Montanha
Quarta-feira

Santa Teresa
Ifes: terça-feira, a partir das 15h
Ao lado da Rodoviária: quarta-feira, a partir das 17h

São Gabriel da Palha
Centro: sexta e sábado, 8h às 12h

São Mateus
Inocoopes: sexta-feira, 16 às 21h
Carapina: quarta-feira, 15h às 20h

Vila Valerio
Praça José Meneguelli: quarta-feira, 15h às 18h
Sede do MPA: terça-feira, a partir das 10h
Bairro Vila Nova: quinta-feira, 16h às 18h
 

Leia Também:

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Assembleia sanciona lei que isenta os agricultores da cobrança pelo uso da água

Casagrande perdeu prazo legal e assinatura foi de Erick Musso, em Santa Maria de Jetibá

Agricultores se mobilizam para votação de PL que isenta cobrança por uso da água

Projeto do deputado Adílson Espindula isenta agricultores familiares com até quatro módulos fiscais

Chapa 1 sai vitoriosa da eleição do Sindilegis

Grupo da atual gestão venceu com 61% e vai lutar por novo concurso público e contra reforma da Previdência

Como os pomeranos se tornaram pioneiros da agricultura orgânica

Em Santa Maria de Jetibá, agricultores se uniram para acabar com doenças e produzir alimentos de qualidade