Fórum Evangelho e Justiça orienta igrejas a transferir cultos para as casas

Pastor Kenner Terra orienta realização entre os próprios familiares e também virtualmente

Diante da pandemia de coronavírus, o Fórum Evangelho e Justiça, composto por integrantes de igrejas evangélicas da Grande Vitória, divulgou nota neste sábado (21) em que orienta as igrejas a levar em consideração as orientações do governo do Estado, prefeituras, Organização Mundial da Saúde (OMS), Ministério da Saúde, médicos e sanitaristas, transferindo os cultos para seus lares, para contribuir que as pessoas fiquem em isolamento.

O pastor e coordenador do Fórum, Kenner Terra, afirma que os cultos podem ser realizados em casa, entre os próprios familiares, e também virtualmente. Segundo Kenner, que é da igreja Batista da Praia do Canto, nesse templo, por exemplo, os pastores estão indo à igreja fazer a celebração sem a presença dos fiéis, que podem acompanhar pela internet. "O momento é de tensão, de expectativa. O amparo religioso é fundamental para  equilíbrio emocional", diz. 

O pastor destaca que contribuir para o isolamento não é um ato de covardia, e sim, de solidariedade e maturidade e, portanto, está em sintonia com o evangelho. “O culto no lar foi, inclusive, a forma de celebração dos primeiros cristãos. Eles celebravam Jesus em suas casas”, recorda. Kenner salienta que, segundos dados da Datafolha 2020, os evangélicos correspondem a cerca de 33% dos moradores do Sudeste. Para o coordenador do Fórum, caso esse número reflita também a realidade do Espírito Santo, os evangélicos, dependendo de suas escolhas, podem responder de maneira positiva ou negativa no que diz respeito à transmissão do coronavírus. 

O Fórum Evangelho e Justiça também se dispõe a dar consultorias para pastores e pastoras. Segundo Kenner Terra, quem precisar pode solicitar auxílio para realização de cultos virtuais, já que nem todo mundo tem facilidade para utilizar as novas tecnologias. É possível, ainda, a disponibilização de materiais para culto no lar. 

Em comunicado divulgado nessa sexta-feira (20), o arcebispo metropolitano de Vitória, Dom Frei Dario Campos, afirmou que as missas devem ser transmitidas pela internet, à medida do possível. Ele reafirma que os fiéis estão dispensados das celebrações dominicais e dos demais dias de preceito, devendo ficar em casa. Ainda segundo o comunicado, a orientação é de que as igrejas matrizes fiquem abertas durante um tempo determinado, de acordo com a realidade local, e o padre se coloque à disposição para atender as confissões. As demais comunidades eclesiais devem ficar fechadas. 
 

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Confecções de máscaras a todo vapor em grupos de voluntários do Espírito Santo

Diversas ações propõem a confecção de máscaras a serem doadas ou vendidas por valor simbólico

Programa EscoLAR ‘rasga princípio da igualdade de direitos’, repudia educadora

Cleonara Maria Schwartz diz que medida da Sedu reduz educação a ''mero cumprimento de tarefas''

Sobe para seis o número de óbitos da Covid-19 confirmados no Estado

Bancário, da Caixa, tinha 36 anos. Sindicatos exigem agências fechadas. Total de infectados é de 194

Quer ajudar quem precisa? Campanhas arrecadam alimentos e itens de higiene

Diversas ações buscam ajudar pessoas que estão sem renda em meio à pandemia do coronavírus