Himaba é 'maquiado' para visita de comitiva do governo do Estado

De acordo com denúncia do Sindsaúde, mais de 70 pacientes que estavam nos corredores foram transferidos para enfermarias já superlotadas ou salas improvisadas

Na manhã desta terça-feira (10), o secretário de Estado de Saúde, Ricardo de Oliveira e uma comitiva governamental fizeram uma visita às instalações do Hospital Estadual Infantil e Maternidade de Vila Velha (Himaba), que teve gestão terceirizada ao Instituto de Gestão e Humanização (IGH) há duas semanas.

No entanto, para que a comitiva passasse pelos corredores da unidade, foi feita uma “maquiagem” no hospital, segundo denuncia o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado (Sindsaúde-ES).

De acordo com a entidade, mais de 70 pacientes que estavam nos corredores da unidade foram transferidos às pressas para enfermarias, que já estavam superlotadas, ou para salas improvisadas. Imagens feitas pelo sindicato mostram crianças consultórios, com soro, enquanto ocorria a visita (foto à dir.).

Segundo o diretor do Sindsaúde, Valdecir Nascimento, as mães dos pacientes ficaram impedidas de sair das salas, até mesmo para usar o banheiro.

A “maquiagem” feita pela Organização Social (OS) para a passagem dos representantes do governo mostra que ainda há superlotação na unidade, já que esses pacientes e acompanhantes estavam nos corredores. Outras medidas tomadas pelo IGH também desagradaram os servidores.

Quando assumiu a gestão, a OS extinguiu o contrato com a empresa que fazia a triagem dos pacientes e a classificação de risco no hospital. A retirada da triagem faz com que todos os pacientes que chegam sejam atendidos, o que onera o Estado e aumenta a demanda, sendo que não há profissionais suficientes para atender a todos os pacientes.
  • Palavras-Chaves
Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.