Igreja Católica e movimentos sociais retomam articulações para 2020

Campanha da Fraternidade e plenária do Fórum Igrejas e Sociedade são ações dos próximos meses

A ação coletiva entre a Igreja Católica e os movimentos sociais deve continuar neste ano. Depois de um período com um arcebispado mais conservador, o diálogo entre Igreja e movimentos passou a ser incentivado com maior força a partir da posse de Dom Dario Campos, em janeiro de 2019, como arcebispo de Vitória.

Um dos próximos passos deve ser a organização da Campanha da Fraternidade, realizada anualmente em todo país a partir de um chamado da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Neste ano o tema é "Fraternidade e Vida: dom e compromisso", trazendo o lema "Viu, sentiu compaixão e cuidou dele", rendendo homenagem à atuação de Irmã Dulce.

Com abertura prevista para março, no Espírito Santo a campanha vai culminar em mais um grande ato pelo Centro de Vitória, com caminhada da Catedral até a Praça Getúlio Vargas, passando pelo Palácio Anchieta.

O Centro de Estudos Bíblicos (Cebi) realiza neste sábado (1) uma formação relacionada à Campanha da Fraternidade, que acontece na Rua Duque de Caxias, 121, no Centro de Vitória. 

Mas para além da campanha, considerada uma das mais importantes a nível político e social da Igreja Católica no país, no Espírito Santo a expectativa também gira em torno do Fórum Igrejas e Sociedade em Ação, criado a partir do encontro realizado em julho do ano passado com Dom Dario, as pastorais e outros movimentos sociais, com participação de cerca de 500 pessoas representando diversas organizações. O padre Kélder Brandão, considerado de linha progressista, é o responsável designado pelo arcebispo para comandar o Vicariato para Ação Social, Política e Ecumênica da Arquidiocese de Vitória, com a missão de comandar o diálogo entre a Igreja e os movimentos.

Depois do grande encontro, foi tirada uma coordenação para executar as tarefas necessárias e estão sendo realizadas plenárias ampliadas para definição das propostas e estratégias. A quarta plenária acontece no outro sábado (8), de 8h30 às 12h, no Colégio Agostiniano, bairro Parque Moscoso.

Em pauta estarão plano de ação, calendário para 2020, formação sobre a Campanha da Fraternidade e encaminhamentos. A coordenação executiva do Fórum pede para que os movimentos enviem até dia cinco de fevereiro os planejamentos e atividades que realizarão durante o ano que considerem importantes de compartilhar. O e-mail para contato é forumigrejasesociedade@gmail.com.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
1 Comentários
  • Agnaldo Rodrigues da Vitória , domingo, 09 de fevereiro de 2020

    bastante produtiva a quarta plenária que aconteceu dia 08/02/20 no Colégio Agostiniano, havendo a conexão tem tudo p/ ser sal e luz no mundo; entendo que, "temos em mãos a força da comunidade na qual se faz a experiência dolorosa das possibilidades do amor. Nelas pessoas livres fazem a experiência da liberdade e da salvação com senso crítico aguçado, capazes de se tornarem instrumento de mudanças no mundo". (A BÍBLIA dia a dia 09/02/2020)

Matérias Relacionadas

Escola de Fé e Política vai formar lideranças de base na Igreja Católica

Coordenador pedagógico, Maurício Abdalla falou sobre iniciativa que terá início em maio no Espírito Santo

Livro aborda história do movimento LGBTI+ no Espírito Santo

Primeira obra que sistematiza a luta histórica no Estado será lançado quarta-feira (18) em Vitória

Caminhada dos Zumbis Contemporâneos abre inscrições para 10ª edição

No dia 21 de março, grupo vai percorrer 18 km à noite rumo ao restaurado sítio histórico de Queimado

Ruínas de Queimado serão reinauguradas em março

Importante monumento da resistência à escravidão no Espírito Santo, local será museu a céu aberto na Serra