Mais de mil vagas abertas em cursinhos populares na Grande Vitória

Com aulas gratuitas ou pequenas contribuições, projetos buscam inclusão da periferia no ensino superior

Com aulas gratuitas preparatórias para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), os cursinhos populares e alternativos estão com quase 1.300 vagas abertas para este ano com foco na inclusão de jovens e adultos de comunidades populares que buscam ingressar no ensino superior.

Só a Rede Afirmação oferece 840 vagas em sete núcleos localizados em Vitória, Serra, Cariacica, Vila Velha e Viana. Neste ano, a rede, que se define como “um movimento social que luta pela democratização da educação superior”, vai inaugurar aulas em três novos bairros: Nova Rosa da Penha II (Cariacica), Santa Rita (Vila Velha) e Nova Bethânia (Viana), ampliando sua atuação para os dois últimos municípios. Além destas comunidades, o cursinho permanece nos bairros Itararé (Vitória), Jardim Carapina (Serra), Rio Marinho e Santana (Cariacica).

As aulas acontecem aos sábados, de 13h30 às 18h, e são gratuitas. O cursinho cobra apenas uma taxa de matrícula no valor de R$ 15 para aquisição de material didático e pedagógico, pagamento que é efetuado no ato de confirmação da matrícula.

Outro bairro com atuação de cursinho popular é Maria Ortiz, em Vitória, onde atua o Risoflora, que está com pré-matrículas abertas até dia 15 de março pelo seguinte formulário.

As aulas gratuitas acontecem aos sábados de 13h às 17h30, com intervalo para lanche. Há aulões também eventualmente em alguns domingos. As atividades começam no dia 6 de abril com a aula inaugural, na qual acontece o ato de matrícula, em que se pede uma contribuição voluntária de um quilo de alimento pelos alunos.

Não longe dali funciona o Pré-Vestibular Atitude, que encerra as inscrições no dia 1º de março e abre 100 vagas para turmas extensiva noturna, que funcionam de segunda a sexta-feira, de 19h às 22h, no bairro Antônio Honório. Outras 240 vagas são para turmas intensivas que funcionam aos sábados, de 8h às 18h30, em Goiabeiras.

A taxa de matrícula é de R$ 20 no Atitude, que também cobra dos alunos uma contribuição mensal de R$ 30 para cobrir custos como deslocamento de professores e coordenadores, fotocópias e materiais de aula.

Os cursinhos populares e alternativos funcionam geralmente em espaços cedidos por escolas públicas, contando com professores voluntários.

Confira as informações sobre matrículas:

Afirmação - Rede de Cursinhos Populares

Bairros: Itararé - Território do Bem (Vitória), Jardim Carapina (Serra), Santa Rita (Vila Velha), Nova Rosa da Penha II, Rio Marinho e Santana (Cariacica), Nova Bethânia  (Viana)

Vagas: 840

Aulas: Sábados de 13h30 às 18h

Matrículas: pela internet em: https://tinyurl.com/y26w2y4z

 

Cursinho Popular Risoflora

Bairro: Maria Ortiz (Vitória)

Vagas: 100

Aulas: Aos sábados de 13h às 17h30 e eventualmente aos domingos

Matrículas: Até 15 de março pela internet no link: https://goo.gl/forms/k3yI5gfje113IHA52

 

Pré-Enem Atitude

Bairros: Goiabeiras e Antônio Honório (Vitória)

Vagas: 340, sendo 100 para noturno intensivo de segunda a sexta de 19h às 22h, no bairro Antônio Honório, e outras 240 para turmas intensivas aos sábados, 8h às 18h30 em Goiabeiras

Matrículas: até 1º de março pela internet. Ver edital.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

'Não nos interessa encher a universidade de gente preta para servir ao sistema'

Em entrevista, Douglas Belchior, do Uneafro, fala sobre o papel transformador dos cursinhos populares

Mostra traz lado B do cinema brasileiro ao Cine Metrópolis

Cinco filmes alternativos serão exibidos nesta quinta-feira na 2ª Mostra Cinema de Bordas

Cursinho Risoflora realiza formação sobre educação popular

Os professores Douglas Belchior e Roberta Traspadini farão palestras sobre o tema em Vitória

2013 novamente? Com 240mm de chuva em 24h, Grande Vitória fica debaixo d'água

Vila Velha anunciou situação de emergência e Defesa Civil entrou em alerta máximo com chuvas deste sábado