MDB articula reeleição do prefeito de Colatina para reforçar quadro de filiados

O prefeito Sérgio Meneguelli deixou o partido em 2019 e continua sem filiação partidária

Com um quadro extremamente fragmentado por conta do saldo negativo nas eleições de 2018, que reduziu a bancada na Assembleia Legislativa de sete para apenas dois deputados, o MDB tenta garantir espaços nas eleições municipais de outubro. 

Os movimentos conduzidos pelo presidente da sigla, o ex-deputado federal e atual secretário especial do Ministério da Cidadania Lelo Coimbra, avançam em pelo menos uma prefeitura na Grande Vitória, com o deputado estadual Hércules Silveira em Vila Velha, e a retomada de quadros importantes, entre eles o atual prefeito de Colatina, Sérgio Meneguelli, que deixou o partido em 2019 e se encontra sem filiação partidária. . 

Nesse sentido, as conversas estão bastante adiantadas, comenta uma fonte emedebista que não quis se identificar, lembrando um vídeo gravado pelo prefeito no ano passado em apoio a Lelo pelo controle da Executiva estadual do partido. Na época o embate foi contra o ex-deputado federal Marcelino Fraga, apoiado pelo deputado estadual José Esmeraldo. 

A solução veio por meio de decisão judicial, que estendeu o mandato dos integrantes da atual Executiva, afastando a pretensão de Marcelino Fraga de presidir o partido no Estado, agora controlado por Lelo, em melhores condições para articular alianças, sem compromissos visando interesses externos à vida partidária. 

O mercado político sinaliza que o MDB segue de forma mais aberta, sem  influência do ex-governador Paulo Hartung, apontado como causador da derrota do partido em 2018, deixando sem mandato várias lideranças, entre elas o próprio Lelo, derrotado para a Câmara dos Deputados.   

O então vereador pelo PMDB Sérgio Meneguelli foi eleito prefeito de Colatina em 2016, no primeiro turno, com mais de 30% dos votos válidos. Com um mandato bem avaliado, desligou-se do partido, insatisfeito com decisões equivocadas adotadas de cima para baixo, segundo afirma em vídeo divulgado em rede social. Mesmo fora do partido, mantém ligações com Lelo Coimbra, 

Já em Vila Velha, a pré-candidatura do Dr. Hércules prossegue, ganhando força por meio de entendimento com os Republicanos do deputado federal Amaro Neto, pré-candidato a prefeito de Vitória. Na última segunda-feira (20), ficou praticamente acertado o apoio dos Republicanos a Dr. Hércules, o que sacrificaria a pretensão do deputado estadual Hudson Leal, já anunciado como pré-candidato. 

Esse alinhamento, caso seja formalizado, resultaria no apoio do MDB à candidatura do deputado federal Amaro Neto em Vitória e na retirada nome do ex-secretário de segurança pública André Garcia da relação de concorrentes na capital do Estado. Eleito Dr. Hércules, Garcia assumiria sua vaga na Assembleia, na qualidade de suplente.  

Da mesma forma, o partido articula para atrair o deputado estadual Carlos Von (Avante), pré-candidato em Guarapari, o vereador Alexandre Bastos (PSDB),  em Cachoeiro de Itapemirim, e nas reeleições de Guerino Zanon, em Linhares, e Alexandre Petri, em Anchieta. 
 

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
2 Comentários
Matérias Relacionadas

Dr. Hércules é inocentado na Justiça por dívida de campanha eleitoral

O deputado foi acusado de alugar uma camionete na campanha eleitoral sem efetuar o pagamento

Delegada da Polícia Civil vai disputar a Prefeitura da Serra

Gracimeri Gaviorno é a aposta dos dirigentes do PSC, que lançam a candidatura no próximo dia quatro

Enivaldo dos Anjos pavimenta terreno para candidatura em Barra de São Francisco

Ex-líder do governo na Assembleia, o deputado se mantém na base aliada da gestão Casagrande

Nacional do MDB mantém cancelamento de convenção no Estado

O atual presidente da Executiva capixaba, Lelo Coimbra, teve o mandato prorrogado por 90 dias