Mês da Visibilidade Lésbica terá marcha, roda de conversa e seminário

Segunda Marcha Pela Visibilidade Lésbica será realizada no dia 29 em Vitória 

No mês em que se celebra o Dia da Visibilidade Lésbica, em 29 de agosto, uma série de eventos estão programados para a comunidade LGTI+. No próximo dia 20, o Grupo Orgulho, Liberdade e Dignidade (Gold), por exemplo, realiza uma roda de conversa cujo tema é saúde mental em tempos de repressão política. O ponto alto, no entanto, é a segunda edição da Marca Pela Visibilidade Lésbica do Espírito Santo, que será realizada em Vitória no próprio dia 29. 

De acordo com representantes da Gold, o Brasil tem presenciado uma série de retrocessos que rebatem diretamente nos grupos considerados mais vulneráveis. “O contexto político de nosso país tem favorecido a propagação de discursos e atitudes fascistas que podem levar ao adoecimento mental dos grupos atacados”, explica a presidente da Gold, Deborah Sabará. 

Para conduzir o bate-papo, que será realizado no próximo dia 20 na sede da entidade, está convidada Fabiola Leal, professora do curso de Serviço Social da Ufes e coordenadora do Grupo de Pesquisas Fênix (Análises das Políticas de Saúde, Saúde Mental e sobre Drogas). A sede da Gold fica localizada na Avenida Presidente Florentino Avidos, 502 / Sala 904, Ed. Alexandre Buaiz, em Vitória. 

Seminário de Diversidade Sexual 

Já no dia 23 de agosto, com o objetivo de debater os direitos sociais constituídos e o acesso à cidadania, discutir o Plano Nacional LGBT e apresentar o Plano Estadual LGBT do Estado, o Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf) e da Comissão de Direito à Diversidade Sexual (CDDS), realizará o “IV Seminário Direito à Diversidade Sexual”. O evento terá início às 13h15, no auditório superior do Complexo Administrativo Annina Lícia de Amorim Rubim Grégio, 8º andar.

O seminário é destinado aos membros e servidores do MPES, secretários e conselheiros estaduais e municipais de Assistência Social, Direitos Humanos, Saúde e Educação, prefeitos e representantes de movimentos sociais LGBTI+ do ES.  As inscrições podem ser feitas pelo aplicativo MPES Cidadão ou pelo site ceafcursos.mpes.mp.br

Visibilidade Lésbica

Dois eventos, por sua vez, são específicos para as lésbicas, que comemoram no próximo dia 29 o Dia da Visibilidade Lésbica. No dia 24 de agosto, às 14 horas, no auditório do Sindicato dos Estivadores será realizado a roda de conversa ”Sapatão é Revolução - A História do Movimento de Lésbicas no Brasil”, com Ariane Meirelles, co-fundadora do Coletivo Santo Sapataria; e Danielle Santa Brígida, da Articulação Brasileira das Lésbicas.

Já no dia 29, ocorre a segunda edição da Marcha pela Visibilidade Lésbica no Espírito Santo, organizado pela Coletivo Santa Sapataria. A concentração será às 16 horas na escadaria do Palácio Anchieta no Centro de Vitória. Haverá oficinas, batucada, microfone aberto e performances.  
 

Leia Também:

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

GOLD promove jantar beneficente para suas ações em direitos humanos

A Associação Grupo Orgulho, Liberdade e Dignidade é uma das entidades mais atuantes no estado

Oficina vai capacitar organizações da sociedade civil sobre marco regulatório

Para Deborah Sabará, a capacitação é importante para as organizações ampliarem parcerias

Ponto de Memória realizará resgate da história LGBT no Estado

A inauguração do projeto será em 29 de janeiro, Dia Nacional de Visibilidade Trans

Unesco reconhece união homoafetiva como patrimônio mundial

  Deborah Sabará afirma que a comunidade LGBTI aguarda decisão do STF sobre criminalização da homofobia