Ódio, presente

O discurso de ódio vira marca da campanha presidencial e recebe estímulo de lideranças evangélicas

 

O discurso de ódio vira marca da campanha presidencial e recebe estímulo de lideranças evangélicas.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Ministério Público pede informações sobre corte de verbas à Ufes e ao Ifes

Procuradoria Federal no Estado deu 10 dias para que reitores se manifestem sobre recursos

Ódio, presente

O discurso de ódio vira marca da campanha presidencial e recebe estímulo de lideranças evangélicas

Valorizou o passe

Luciano Rezende diz que fez “barba, cabelo e bigode” nas eleições. Há controvérsias...

Novas bancadas legislativas preocupam defensores dos direitos humanos no Estado

Alguns eleitos, como Marcos Do Val, defendem a prisão perpétua; outros a castração química