Oito novos casos de coronavírus são confirmados no Espírito Santo

São 48 infectados e 1.039 em investigação. "Fiquem em casa", apelou Casagrande em rede nacional

Depois de 24 horas sem nenhum novo caso confirmado de coronavírus (Covid-19), o Espírito Santo voltou a registrar mais infecções. Nesta quinta-feira (26), a Secretaria de Estado de Saúde (Sesa) identificou mais oito pessoas infectadas, sendo duas em Vitória, três em Vila Velha, duas na Serra e uma em Castelo (sul do Estado). O total agora de confirmações é de 48 e, sob investigação, estão 1.039 pessoas. Os números foram anunciados pelo governador Renato Casagrande em suas redes sociais.

É o segundo maior salto nos registros da doença no Estado. O maior aconteceu no último sábado (21), quando 10 pessoas foram confirmadas com o Covid-19. A intensificação das medidas de isolamento social, no entanto, principalmente o fechamento do comércio por quinze dias, a contar de sábado, fez a curva de crescimento abaixar; foram apenas 13 casos em quatro dias. 

A nova subida da curva da pandemia no Estado acontece dois dias depois de o presidente da República, Jair Bolsonaro, defender em pronunciamento na rede nacional de televisão e em horário nobre, que o isolamento deveria ser apenas vertical, restrito às pessoas do grupo de risco – com mais de 60 anos de idade ou com doenças de comorbidade. 

Os efeitos da medida - capixabas foram às ruas após dias - motivaram pronunciamento do governador Renato Casagrande também em rede nacional e no horário nobre, na noite desta quinta-feira (26). Ele reiterou que as medidas restritivas locais ainda estão válidas e a importância do isolamento social neste momento, como "a estratégia correta para conter o avanço do contágio, conhecer melhor o comportamento do vírus no Estado e ter tempo para preparar o sistema de saúde".

Casagrande também voltou a destacar que embora o vírus não tenha efeito tão grande sobre os jovens, eles são os vetores e, muitas vezes, assintomáticos.

Sobre o fechamento do comércio e a suspensão de outras atividades, o governador lembrou que são decisões técnicas, tomadas por todos os países para proteger as pessoas. "Quem não fez ou retardou esse procedimento, está pagando com vidas essa conta", alertou. 

"Com esse planejamento e a colaboração de todos, o Estado poderá gradativamente flexibilizar as medidas restritivas e caminhar para normalidade. Por favor, fiquem em casa", apelou.

O discurso presidencial gerou indignação entre 26 governadores estaduais, que assinaram uma “Carta dos Governadores do Brasil neste momento de grave crise”, em que afirmam que continuarão a incentivar e apoiar o isolamento social em seus estados e pedem uma série de medidas econômicas que auxiliem o financiamento de ações de combate à crise de saúde pública que se avizinha em todo o país, caso o número de infectados suba tão rápido ou mais rápido que na Itália ou Espanha. 

Transporte

No Espírito Santo, Casagrande informou que o volume de passageiros no sistema Transcol havia reduzido em 71% e na rodoviária e aeroporto, em mais de 90%. Ainda assim algumas linhas registravam lotação nos horários de pico. 

O diretor de Operações da Companhia, Anderson Barbosa, explicou que a Ceturb-ES está trabalhando com ajuste de demanda e um planejamento especial com tabela específica para o período do isolamento social. “Os ajustes são feitos diariamente na oferta de veículos com carros e viagens extras para garantir o atendimento aos usuários, evitando que os ônibus saiam lotados”, disse.

Para evitar aglomerações nas filas, a Ceturb-ES está fazendo as marcações nas plataformas dos terminais. A companhia conta com a colaboração da população para que respeite as delimitações e que, ao observar a lotação das cadeiras nos ônibus, aguarde o próximo coletivo para evitar a superlotação.

Leia Também:

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Confecções de máscaras a todo vapor em grupos de voluntários do Espírito Santo

Diversas ações propõem a confecção de máscaras a serem doadas ou vendidas por valor simbólico

Programa EscoLAR ‘rasga princípio da igualdade de direitos’, repudia educadora

Cleonara Maria Schwartz diz que medida da Sedu reduz educação a ''mero cumprimento de tarefas''

Sobe para seis o número de óbitos da Covid-19 confirmados no Estado

Bancário, da Caixa, tinha 36 anos. Sindicatos exigem agências fechadas. Total de infectados é de 194

Quer ajudar quem precisa? Campanhas arrecadam alimentos e itens de higiene

Diversas ações buscam ajudar pessoas que estão sem renda em meio à pandemia do coronavírus