Palanque independente

Bastidores políticos apontam para César Lucas, mas o PV tem outro candidato em Cariacica: Professor Elinho

Embora os bastidores políticos apontem para a candidatura à reeleição do atual presidente da Câmara de Cariacica, César Lucas (PV), em disputa da Mesa Diretora marcada para janeiro próximo, quem já oficializou participação no pleito foi o vereador combativo à gestão do prefeito Juninho (PPS) e correligionário de César Lucas, o Professor Elinho. Em documento protocolado na Câmara e nos gabinetes dos colegas de plenário nessa segunda-feira (10), ele comunica da decisão e apresenta sua plataforma de metas e objetivos, com críticas ao papel exercido pelo legislativo municipal, que “há muito deixou de ser a ‘Casa do Povo”. Professor Elinho iniciou, desde então, conversas com os demais vereadores para consolidar sua candidatura e agregar nomes à chapa, e não está disposto a recuar do projeto, caso César Lucas resolva entrar no páreo, contrariando o que manifestou em encontros do partido de que não tentaria a reeleição. “Se ele for candidato, vai disputar contra mim”, avisou Professor Elinho, que cobrou dos vereadores em discurso no plenário que conduzam o processo fora do alcance do executivo: “Nós não precisamos da benção do prefeito, a eleição é da Câmara”. Ele se reportava, desta forma, às articulações do último pleito que reelegeram César Lucas e foram marcadas por “reuniões às escondidas e pela mão do prefeito aos 45 minutos do segundo tempo”. A situação foi resumida por ele como "vergonhosa". Segura mais essa, Juninho!

Palanque independente II
Professor Elinho disse que decidiu colocar seu nome diante da insatisfação e do clamor popular por mudanças, considerando a inércia do legislativo em relação às agendas prioritárias dos moradores de Cariacica. Para ele, uma Câmara independente, o que não ocorre hoje, é “uma necessidade inadiável”. 

Propostas
O vereador enumera quatro pontos em sua plataforma: independência ao executivo; compreensão de que a Câmara perdeu sua essência de “Casa do Povo” e de que a população sofre diariamente pela ausência de serviços básicos; acolhimento às causas e entidades que lutam pelo ser humano, sem distinção; e compromisso com a gestão, o controle de gastos, a fiscalização e com os servidores da Câmara.

Quanta diferença!
Quer dizer, se a atuação do Professor Elinho já o distanciava anos luz do correligionário César Lucas, o projeto eleitoral, então...

Quanta diferença II!
Elinho é responsável por críticas contundentes e necessárias contra a prefeitura, principalmente, nos últimos meses, sobre a caótica área da saúde e o empenho do prefeito em entregar tudo para a área privada. Já o atual presidente está longe, bem longe de provocar qualquer incômodo a Juninho. Muito pelo contrário.

Tabuleiro
Além de Professor Elinho, o único a oficializar seu projeto até agora, se movimentam no mercado para a disputa os vereadores Edson Nogueira (MDB), Joel da Costa (PPS) e, como dizem, César Lucas. O atual presidente, no entanto, também aparece como interessado em ocupar cargo no governo Casagrande – primeiro escalão está difícil!

Tabuleiro II
O município, como se sabe, tem forças políticas que irão interferir, já que o resultado da disputa terá muito peso em 2020. E, aí, entram na linha de frente o deputado estadual Marcelo Santos (PDT) e o deputado federal Helder Salomão (PT), reeleitos para seus mandatos.

Arranjos
Outro dia, aliás, tratei neste espaço da participação de César Lucas na negociação antecipada do PPS pra consolidar a candidatura de Fabrício Gandini à prefeitura de Vitória, lá em 2020. Repito: Gandini, ainda vereador da Capital, sequer sentou-se à cadeira de deputado estadual, para qual foi eleito em outubro passado. 

Arranjos II
O que circula no mercado político é que a ideia seria agregar o PV a esse palanque em formação, fazendo do aliado e secretário de Meio Ambiente de Vitória, Luiz Emanuel Zouain (PPS), o próximo presidente da legenda comandada por Fabrício Machado. O acordo envolveria  apoio eleitoral e cargos.

Dia D
Está marcada para a próxima quarta-feira (19), às 16 horas, no salão pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES), a diplomação do governador eleito, Renato Casagrande (PSB), e de sua vice Jacqueline Moraes (PSB), além dos deputados estadual e federal que se consagraram campões nas urnas neste ano. Prévias das posses, que ocorrem em janeiro e fevereiro. 

Temporada
Depois do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, quem chega a Vitória nesta quarta-feira (12) é o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), ministro João Batista Brito Pereira, para agenda institucional no Tribunal Regional (TRT-ES). Temporada de visitas?

PENSAMENTO:
“O falso é às vezes a verdade de cabeça para baixo”. Sigmund Freud

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Carnaval de Congo de Máscaras divulga programação

Tradicional evento acontece na comunidade de Roda D' Água, interior de Cariacica, no próximo dia 29

Pesquisadores da EJA alertam para desmantelamento da modalidade no Estado

Vagas da Educação de Jovens e Adulto foram reduzidas pelo governo e municípios, enquanto público cresce

Artistas se mobilizam contra inclusão de 'cultura religiosa' na Lei Rubem Braga

Com abaixo-assinado, reunião e ato, entidades pedem que Luciano Rezende vete emenda de Davi Esmael

Vereador cria ‘Calendário do Desconfiômetro’ para cobrar obras em Cariacica

Depois de unidade de saúde de Cariacica-Sede, é denunciado abandono de centro histórico