Processo contra ex-presidente do Iema é arquivado

Secont não encontrou provas de infração administrativa disciplinar contra Tarcísio Foeger

O Processo Administrativo Disciplinar (PAD) nº 81474202, instaurado em março deste ano contra o ex-diretor-presidente do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) Tarcísio José Foeger – portaria nº 072-S de 14 de março de 2018 – foi arquivado pela Secretaria de Estado de Controle e Transparência (Secont), conforme a portaria nº 304-S, publicada no Diário Oficial dessa quarta-feira (26).

No ato, o secretário Marcos Paulo Pugnal da Silva afirma que o arquivamento do PAD se deu “tendo em vista a ausência de prática de infração administrativa disciplinar”.

Tarcísio Foeger é servidor público municipal de Vitória licenciado e atualmente está à frente da superintendência do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis no Espírito Santo (Ibama/ES).

O referido PAD lhe foi interposto em março pelo corregedor-geral do Estado (Coges/Secont), Fabiano Contarato, eleito senador este ano pela Rede, devido à suposta violação de deveres funcionais previstos nos incisos “V” e “VI”, do Art.220, da Lei Complementar 46/94, que refere-se a “exercer com zelo e dedicação as atribuições do cargo ou função” e “observar as normas legais e regulamentares”, respectivamente.

Na época, Tarcísio foi alvo de um protesto, organizado por um grupo de servidores ligados à Associação dos Servidores da Carreira de Especialistas em Meio Ambiente (Asibama/ES), que o acusaram de ser mais um nomeado político ao cargo de superintendente – o quinto nos últimos dois anos – por não ser servidor de carreira do instituto.

Leia Também:

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Dados imprecisos, inconformidades e mentiras colocam poluidoras na berlinda

Iema precisa abrir a ''caixa-preta'' que ainda isenta Vale e ArcelorMittal de arcarem com ônus da poluição

Iema apresenta Inventário de Fontes de Emissões Atmosféricas da Grande Vitória

Vale aumentou suas emissões em até 300%. Junto com ArcelorMittal, emite mais de 2/3 da poluição

Contratação de mais DTs no Iema causa indignação entre servidores públicos

Sem concurso público há mais de dez anos, Iema precisa de pelo menos 137 vagas para servidores efetivos

Sociedade civil cobra regulamentação de LOs com validade maior que seis anos

Protocolada no Consema há um ano, proposta sumiu. Objetivo é evitar novos favorecimentos, como à Vale