PSL insiste em ter comando da Comissão de Segurança na Assembleia Legislativa

O capitão Assumção, eleito em outubro de 2018, está se articulando com outras lideranças políticas

O PSL manterá a posição de votar em bloco na escolha do presidente da Assembleia Legislativa, conforme determinação do coordenador estadual do partido do presidente Jair Bolsonaro, Carlos Manato. A contrapartida é a garantia der ter a presidência da Comissão de Segurança Pública e um lugar na mesa diretora.

Essa posição será explicitada nessa quarta-feira (9), no encontro que os deputados novatos - eleitos em outubro de 2018 para um primeiro mandato - realizam sobre o tema, segundo informou o capitão Assumção, que será o líder do partido na próxima legislatura, a ser iniciar no dia 1 de fevereiro. 

“O partido ainda não fechou questão, até mesmo porque o que se tem, até agora, é o nome do deputado Erick Musso, mas outros candidatos poderão surgir”, analisa o capitão Assumção, acrescentando que seu bloco não abre mão da presidência da Comissão de Justiça, que seria ocupada pelo delegado Danilo Bahiense.

Na última reunião dos deputados novatos, houve a sugestão de o grupo apresentar um nome para a presidência da Assembleia, sendo cogitado o nome do deputado eleito Alexandre Quintino, do PSL, mas a ideia não prosperou. 

A definição de nomes para compor a futura Mesa-Diretora da Assembleia Legislativa movimenta os meios políticos, mas ainda se mantém em aberto, apesar do processo sinalizar para a reeleição do atual presidente, deputado Erick Musso (PRB).  

O parlamentar é ligado ao ex-governador Paulo Hartung, a quem é creditada a sua reeleição, mas vem se aproximando do governador Renato Casagrande.

Outro nome cogitado nos meios políticos é o do deputado Ferraço, um dos primeiros a fechar com a candidatura do atual governador. Essa posição deverá pesar na definição, considerado o clima de ruptura declarada de Casagrande com a gestão anterior.

O governador Renato Casagrande participa ativamente do processo, conversando com os deputados, a fim de se inteirar da situação, principalmente com os parlamentares novatos. Esses encontros estão ocorrendo ao longo de toda a semana, no palácio Anchieta.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.