Quem não conhece...

Rejeitado nas urnas e réu em ações por um caso absurdo, Magno Malta é ''o maior patrimônio do PL no País''

Rejeitado nas urnas pelos capixabas e pelo governo do próprio aliado, Jair Bolsonaro, além de responder a processos no absurdo caso do ex-cobrador de ônibus preso acusado de estuprar a filha de dois anos, que foi inocentado pela Justiça, o ex-senador Magno Malta foi apontado pelo presidente nacional do PL (ex-PR), José Tadeu Candelária, como “o maior patrimônio que o partido tem hoje no País”. A afirmação, publicada em vídeo gravado ao lado de Magno divulgado nas redes sociais, repete o mantra do eterno dono do partido, Valdemar Costa Neto, mantendo de escanteio, no Espírito Santo, a deputada federal Lauriete, principal cargo local da legenda. Ex-mulher de Magno, ela tinha a pretensão de comandar o PL nas articulações para 2020, rumo a 2022, mas foi vetada depois de já iniciar as conversas e passou e viver uma verdadeira “sinuca de bico” no partido. Se ficar, aceita essa condição, se sair, corre risco de ter o mandato reivindicado na Justiça.

Quem não conhece II...
Em julho passado, Valdemar Costa Neto já havia declarado ao Antagonista, que a prioridade do PL é vender a imagem de Magno como “aposta para mudar a cara do partido na carona da onda conservadora que se instalou no País”. O ex-senador tem circulado por vários estados e, recentemente, esteve até no exterior.

Controvérsias II
O vídeo com o presidente do PL foi gravado em São Paulo, onde o ex-senador ministrou mais uma palestra, sua profissão preferida desde que perdeu o mandato. Se bem que ele também tem um programa de TV, faz propaganda de cosmético e de suplementos...

Inesquecível
O caso absurdo que colocou Magno na Justiça foi revelado com exclusividade por Século Diário em 2018 e teve forte repercussão na imprensa nacional. Um dos processos, que tramita na esfera capixaba, teve último andamento em abril deste ano

Cessão renovada
A professora da rede estadual Luciana Peçanha Lopes, irmã do prefeito de Itapemirim, Thiago Peçanha Lopes, está à disposição do município por mais um ano, “sem ônus e ressarcimento ao governo do Estado”. Ela ocupa cargos na prefeitura há muito tempo, o atual de presidente do Núcleo de Gerenciamento da Agricultura Familiar (Nagrif).

Tudo igual
Os cargos ocupados por Luciana e a outra irmã do prefeito, Viviane da Rocha Peçanha Sampaio, que responde pela Secretaria Municipal de Educação, vez ou outra são alvos de denúncias em Itapemirim e também já foram investigados pelo Ministério Púbico Estadual. Mas elas continuam devidamente abrigadas.

Privilégios
A Assembleia Legislativa contratou, por inexigibilidade de licitação, a Concessionária Rodosol para disponibilização de acesso aos pedágios da Terceira Ponte e Rodovia do Sol, por meio da Via Expressa, por um ano, no valor de R$ 33,8 mil. Gente, com salário gordo, benefícios...dá nem pra pagar o pedágio do próprio bolso?

Pé da vida
Depois de protestar nas redes sociais, o deputado estadual Vandinho Leite (PSDB) levou à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Crimes Cibernéticos, nessa terça-feira (3), três pessoas supostamente responsáveis por elaborar e difundir fake news na internet envolvendo seu nome. O vídeo foi divulgado durante a última greve dos rodoviários, mês passado.

Pé da vida II
A fake news denunciada por Vandinho dizia que ele era contra o movimento do Sindirodoviários, mas o vídeo não era atual, e sim referente à greve geral de junho deste ano, esta sim, mais do que criticada pelo deputado. 

Pé da vida III
Logo depois que soube da divulgação, Vandinho atribuiu o fato à velha política da Serra e prometeu “desmascarar esses canalhas”. Ele é candidato a prefeito no município em 2020.

PENSAMENTO:
“Jamais diga uma mentira que não possa provar”. Millôr Fernandes

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
2 Comentários
  • Almeida , quinta, 05 de setembro de 2019

    Eu não descartaria o Magno Malta seja no ano que vem apoiando alguém ou em 2022 voltando pro Senado. Ele tem lábia, tem base eleitoral, conta com apoio dentro e principalmente fora do ES e pesa à favor o fato de que a Rose de Freitas e Contarato são dois pesos mortos que entraram em desgraça frente ao povo. Ele não ganhou em 2018 porque largou a campanha dele pra fazer a do Bolsonaro após a facada, escolhendo ir principalmente ao Nordeste onde Bolsonaro teve a maior quantidade de votos na região de um oposicionista ao PT desde quando Lula foi eleito.

  • Solange monteiro , quinta, 05 de setembro de 2019

    Respeite o maior senador da República que este País já teve e que se Deus quiser há de ter novamente. Vá procurar o que fazer. Ora vá fritar um ovo podre pra comer invés de tentar denegrir a imagem de um homem de bem.

Matérias Relacionadas

Passos vigiados

Enquanto o PL nacional aposta em Magno, deputada Lauriete abre campo para especulações no Estado

Ah, coitado!

Magno Malta tira proveito do debate da reforma da Previdência: ''prefiro cortar na própria carne''

Quem dá as cartas?

Lauriete garante fidelidade ao PR e se movimenta em paralelo ao ex-senador e ex-marido Magno Malta

Ação de ex-cobrador contra Magno Malta tem andamento na Justiça

Luiz Alves de Lima, preso e inocentado pela Justiça, move vários processos contra o ex-senador