Reinauguração da Igreja de Queimado é adiada

Atividades de comemoração de 171 anos da Revolta de Queimado foram suspensas por conta do coronavírus

Depois das obras realizadas para reforma e recuperação das ruínas da Igreja de Queimado, já estava tudo pronto para a reinauguração do sítio histórico e arqueológico na Serra, para se tornar um museu aberto e servir como espaço para o turismo histórico e cultural, conforme demanda antiga do movimento negro capixaba. Diante da pandemia do coronavírus, porém, a programação de inauguração foi adiada, ainda sem previsão de nova data. 

O mês de março havia sido escolhido justamente por ser o momento de comemoração dos 171 anos da revolta de negros escravizados que ocorreu no local, após trabalharem na construção da Igreja mas a promessa de alforria não ter sido cumprida. 

A inauguração oficial aconteceria na quinta-feira (19), às 9h, no local das ruínas. Num primeiro momento, o prefeito Audifax Barcellos (Rede) declarou que a entrega do espaço à sociedade seria mantido nesta data, mas depois foi confirmada a suspensão de todos eventos do município.

Dentro das comemorações também aconteceria a 10ª edição da Caminhada dos Zumbis Contemporâneos, com atividades culturais na noite de sábado (21) em Serra Sede, seguida de uma caminhada de 18 km até Queimado, onde se realizaria uma cerimônia inter-religiosa na manhã de domingo. O evento já contava com mais de 300 pessoas inscritas.

Entretanto, antes das medidas de precaução contra o coronavírus, nos dias 13 e 14 de março, aconteceu o II Seminário do Queimado, buscando refletir sobre o local e sua história. Foi realizada uma palestra com o antropólogo Sandro Silva, professor do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Estado (Ufes), contextualizando a Revolta de Queimado diante do contexto nacional na época, e uma homenagem a pessoas que se destacam na luta pela memória de Queimado nos últimos 21 anos, quando se começou a articular o Fórum Chico Prego.

Como resultado do seminário, foram levantadas diversas contribuições, questões e observações dos participantes de diversas instituições públicas e da sociedade civil, que serão sistematizadas e encaminhadas pelo Fórum Chico Prego.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

O mais triste Dia do Circo de todos os tempos

Proibidos de se apresentar por conta do coronavírus, circos capixabas não tiveram o que comemorar

Mais de 150 artistas participam do Festival Fico em Casa ES

Serão 24 horas de programação ao vivo pela internet de sábado até segunda-feira 

Grandes nomes da música capixaba participam do Festival VirtuALL

André Prando (foto), Gabriela Brown, Casaca, Macucos e outros artistas farão shows ao vivo pela internet

Obras de literatura capixaba estão disponíveis em e-book

Livros premiados pela Secult foram publicados por autores na rede e podem ser lidos pelo computador