Secretário de Administração de Barra de São Francisco é preso por corrupção

A Prefeitura divulgou uma nota nesta quinta à população sobre os fatos envolvendo Paulinho da Ótica

O secretário de Administração de Barra de São Francisco, Manoel Paulo de Oliveira Neto, o Paulinho da Ótica, foi preso na manhã desta quinta-feira (13) em uma operação do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), que investiga corrupção por meio de contratos supostamente ilícitos mantidos com a prefeitura. 

A equipe de policiais chegou à residência do secretário por volta das 6 horas, onde apreendeu celular e notebook, conduzindo-o para Linhares, para ficar detido preventivamente. As irregularidades denunciadas apontam para crimes de peculato, corrupção ativa e passiva, fraude e tráfico de influência. 

Os investigadores estiveram em São Gabriel da Palha, na residência de Richelmi Milke, da RT Empreendimentos, que está com mandado de prisão e já é considerado foragido. Dois funcionários dessa empresa também são investigados. 

Na tarde desta quinta, a Secretaria Municipal de Gabinete e Comunicação da gestão do prefeito Alencar Marim divulgou uma nota confirmando que o (Gaeco) esteve na pasta de Administração (SEMAD) "para recolher alguns documentos e arquivos, em ação que tem relação com uma operação do Ministério Público (MP) que investiga possíveis fraudes em contratos de prestação de serviço por parte de empresas do setor privado com o setor público. E uma dessas empresas presta serviço para a Prefeitura de Barra de São Francisco".

Além disso, que o secretário "teve o notebook e o celular de uso pessoal apreendido e, posteriormente, seguiu para o município de Linhares". No entanto, "esclarece que está buscando informações detalhadas do processo que segue em segredo de justiça. Tão logo, o executivo municipal transmitirá mais informações a respeito". 

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Grupos montam chapas para a prefeitura de Barra de São Francisco em 2020

Sargento Firmino conversa com lideranças políticas visando viabilizar sua candidatura

Contarato pede suspensão de decisão de Toffoli que beneficia Flávio Bolsonaro

Contarato acha que decisão de Dias Toffoli pode gerar mais impunidade para crime de lavagem de dinheiro

Dallagnol aproveitou fama da Lava Jato para faturar também no Espírito Santo

O plano de palestras montado com a operação trouxe Deltan Dellagnol ao Estado entre 2016 e 2018

Ministério Público desmonta esquema de corrupção em prefeituras

A operação envolve empresários e servidores públicos em fraude de licitações para a coleta de lixo