TV Século apresenta: 'A Crise na Segurança Pública no Espírito Santo'

Primeiro episódio provoca a reflexão sobre os motivos e consequências do movimento da PM de 2017

O primeiro episódio da série Crise na Segurança Pública no Espírito Santo, da TV Século, traz à tona a insatisfação acumulada do agente último da área, o policial militar, deflagrando a situação limítrofe do amordaçamento das questões da categoria.

A elevada expectativa da sociedade, somada à negação sistemática dos direitos básicos da tropa pelo poder público, provoca a reflexão sobre os motivos e as consequências que repercutem até hoje, a partir do movimento ocorrido no Estado em fevereiro de 2017.

 

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
1 Comentários
Matérias Relacionadas

'O capixaba precisa saber quem é Paulo Hartung'

Capitão Assumção (PSL), eleito à Assembleia Legislativa, fala das prioridades do mandato

A Crise na Segurança Pública

Após fevereiro de 2017, a Associação de Cabos e Soldados foi obrigada a aumentar seu setor jurídico

A Crise na Segurança Pública

Policias militares relatam o aumento significativo de suicídios após o movimento de fevereiro de 2017

A Crise na Segurança Pública

Policias militares relatam o aumento significativo de suicídios após o movimento de fevereiro de 2017