Vereador de Cariacica cobra reforma da Unidade de Saúde de Cariacica-Sede

Alvo de constantes arrombamentos, um pedido de reforma foi protocolado em janeiro de 2017

Alvo de constantes arrombamentos ao longo do ano de 2018 – sendo três deles em apenas uma semana, no mês de dezembro – a Unidade Básica de Saúde de Cariacica-Sede sofre com o total descaso e abandono da atual Administração Municipal. Vereador da cidade, Professor Elinho (PV), criou o “Calendário do Desconfiômetro” em que reforça um pedido de reforma da unidade protocolado há 707 dias. 

“Quando iniciamos o mandato, protocolamos a Indicação nº. 160/2017 em 27/01/2017, na qual foi solicitada a reforma daquele equipamento público. No entanto, 707 dias depois, a Prefeitura de Cariacica ainda não atendeu a essa demanda tão esperada pela comunidade e bairros adjacentes da Região 9. Por esse motivo, enviamos nova solicitação protocolada através do Ofício nº. 001/2019 no dia de ontem (02/01/2019), reiterando o pedido para a reforma do local. Resta-nos perguntar, diante da morosidade do Poder Executivo: quando será feita a reforma da UBS de Cariacica-Sede?”, explicou o vereador.

Essa não é a única denúncia de questões relacionadas à gestão da saúde pública no município de Cariacica. O prefeito Geraldo Luzia de Oliveira Júnior, o Juninho (PPS), e a secretária municipal de Saúde, Elizabeth Pinheiro de Albuquerque, foram denunciados por omissão de socorro a crianças que procuraram o Pronto Atendimento do Trevo de Alto Laje no dia 15 de dezembro de 2018. A unidade permaneceu fechada durante todo o dia e noite, com um aviso afixado durante madrugada. A denúncia foi feita ao chefe da Promotoria de Justiça Cível de Cariacica, em nome do promotor Luiz Flávio Valentim. 

Debaixo de um calor de 40 graus, mães, pais e responsáveis pelos menores ficaram aguardando por horas para que o PA do Trevo abrisse suas portas, mas a orientação era que procurassem unidades em Vitória ou Vila Velha. Um aviso foi anexado na madrugada de sábado em que os responsáveis pela gerência da unidade informavam que "excepcionalmente, não havia expediente" no sábado (15/12/2018) nem durante o dia e nem durante a noite, e que o atendimento seria normalizado no domingo.  

Foi a segunda vez no ano de 2018 em que o PA do Trevo, que deve obrigatoriamente prestar atendimento à população por 24 horas, amanhece de portas fechadas. A primeira foi no dia 11 de agosto. Na ocasião, o vereador também denunciou o fato ao Ministério Público do Estado (MPES) e ao presidente da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores, César Lucas (PV). 

PA em processo de terceirização
O PA do Trevo de Alto Laje segue em processo de terceirização e há denúncias recentes de “cartas marcadas” no processo licitatório conduzido pela gestão do prefeito Juninho (PPS) para entrega da unidade a uma Organização Social (OS).

As OSs são empresas de natureza privada, teoricamente sem fins lucrativos, que estão sendo contratadas por estados e municípios para gerenciamento de hospitais e unidades de saúde.
 

Leia Também:

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Vereador cria ‘Calendário do Desconfiômetro’ para cobrar obras em Cariacica

Depois de unidade de saúde de Cariacica-Sede, é denunciado abandono de centro histórico 

Vereador denuncia prefeito de Cariacica por omissão de socorro a crianças

Além de Juninho, secretária também é responsabilizada: PA do Trevo de Alto Laje ficou fechado no sábado

Vereador recebe denúncias de 'cartas marcadas' na terceirização do PA do Trevo

Professor Elinho (PV) tem enviado as denúncias de irregularidades aos órgãos competentes 

Cariacica anuncia empresas habilitadas para assumir PA do Trevo

Prefeito Juninho (PPS) quer terceirizar unidade por R$ 30 milhões/ano