Moradores desaprovam nova praça de Pancas

Foram cortadas mais de 30 árvores antigas e o calor impede a permanência das pessoas no local

Caminhando na contramão do que orientam as diretrizes mundiais de humanização das cidades e melhoria da qualidade de vida, a Prefeitura de Pancas (noroeste do Estado), que tem à frente Sidiclei Giles de Andrade (PDT), promoveu uma intervenção profunda em sua praça principal que desagradou a população. 

Os moradores estão indignados com a nova Praça Euzebio Olioso, no centro da cidade, aberta à população nessa quinta-feira (29). A principal reclamação é com relação ao corte de todas as antigas árvores, em número maior que 30. 


“Num horário desses [meio da tarde], se você vai na pracinha não tem como ficar lá. O granito esquenta demais, não tem sombra”, descreve o agricultor Marcos Antonio Breda. “E ficou muito feio! Parece mais um ponto de ônibus do que uma praça”, compara. 

“Mais de 80% da população está criticando”, estima Marcos. “O povo está revoltado”, conta. “Os taxistas ficavam lá sob as árvores, acabaram com tudo”, lamenta. “O que está enfeitando é a árvore de Natal, mas a árvore vai sair de lá”, diz. 

A população, afirma o agricultor, não foi consultada sobre quais mudanças iriam ocorrer em sua praça. “Bastava uma reforma. Tanto dinheiro gasto poderia ser usado de outro jeito. Nossa localidade está precisando de outras coisas, como na saúde, educação, emprego”, argumenta Marcos. 

Marcos diz que a argumentação da prefeitura é de que o novo desenho ampliou a área aberta para a realização de eventos e atividades ao ar livre, como ginástica, capoeira, teatro, shows musicais e danças, com o que a comunidade concorda. O problema maior foi mesmo a retirada das árvores. 

Nas redes sociais, multiplicam-se os comentários contrários ao novo formato, e também os memes, como este, em que cadeiras de praia, guarda-sol e uma caixa térmica são denominadas “kit para ir à nova praça”.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.