Uma loja gratuita para a população em situação de rua

Projeto The Street Store realiza edição em Vitória, dentro de uma jornada mundial de atividades

Roupas e acessórios disponíveis de graça para quem precisa. Dispostos em cabides de papelão customizados, com atendentes voluntários que podem ajudar o “cliente” a escolher as melhores opções de acordo com o que necessita.

Esse é o conceito do The Street Store (A Loja de Rua, em português), projeto surgido na África do Sul e que se expandiu pelo mundo. No próximo domingo, 9 de dezembro, o projeto realiza uma jornada internacional que já tem atividades confirmadas no Brasil, México, Estados Unidos, África do Sul e Filipinas. No Brasil, Vitória é até agora a única cidade a participar, com atividades na Praça Costa Pereira, de 8h às 13h.

Roupas, calçados, roupas de cama, itens de higiene pessoal, livros e mochilas em bom estado estarão dispostas de forma especial no local de acordo com o padrão do evento. O público-alvo do projeto é a população em situação de rua da Grande Vitória, embora outras pessoas com necessidades possam ser contempladas caso haja sobra de produtos.

A praça onde muitas pessoas passam a noite será convertida provisoriamente em uma loja gratuita, sem preços nem muros ou seguranças que possam inibir a entrada de cidadãos considerados “suspeitos” ou “mal vestidos”.

“A ideia é que essa população possa se sentir acolhida e atendida pelos voluntários para ajudar na escolha. É um processo de cidadania, inserção social, acolhimento. Poderão provar e escolher como se estivessem realmente numa loja”, diz Nilza Fontoura, uma das organizadoras que compõem um grupo de cerca de 40 voluntários que trabalha em parceria com organizações públicas e privadas, mas sem qualquer tipo de recurso financeiro.

Além da “aquisição” dos produtos disponíveis, haverá lanche, corte de cabelo masculino, fotógrafo e outras atividades. Ao todo, com a ação de voluntários e pontos de doação, foram arrecadados mais de 2.500 peças. Ainda é possível fazer doações até a data do evento, por meio de contato com a página local do projeto.

Caso sobrem produtos doados, eles serão encaminhados para abrigos ou outras instituições de caridade. O grupo, porém, não tem condições de receber doações maiores como móveis e colchões, que podem ser encaminhadas por meio do telefone 156.

O projeto The Street Store surgiu em 2014 na África do Sul. Já teve três edições na Serra e agora realiza sua primeira versão na capital capixaba, que concentra número significativo da população em situação de rua no Espírito Santo.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.