Givaldo Vieira cotado para o secretariado de Renato Casagrande

O deputado federal, que ficou na segunda suplência este ano, já foi vice do governador eleito

O deputado federal Givaldo Vieira (PCdoB), que não conseguiu um novo mandato nas eleições de 7 de outubro, deverá ocupar uma secretaria do futuro governo do Estado a partir de janeiro de 2019, de acordo com informações que circulam em grupos próximos a Renato Casagrande (PSB). 

Givaldo é ligado a Casagrande e foi seu vice-governador quando ele esteve à frente do Palácio Anchieta (2011-2014), com atuação destacada na área social, o que o qualifica para ocupar um cargo com essas atribuições. 

O ex-deputado militou durante 29 anos no Partido dos Trabalhadores (PT), deixando a sigla por integrar uma ala em oposição ao presidente João Coser, alinhado com o governado Paulo Hartung (MDB), situação que desgastou a imagem do partido no Estado, contribuindo para piorar o nível de desprestígio registrado em todo o País. 

Sem espaço no PT, partido pelo qual disputou o primeiro mandato na Câmara Federal, elegendo-se em 2014 com 50,9 mil votos, Givaldo migrou para o PCdoB, obtendo 39,2 mil votos na disputa deste ano, insuficientes para garantir a reeleição. 

Tanto no PT como no PCdoB, Givaldo Vieira se manteve bem próximo de Renato Casagrande, chegando a ser cogitado para reviver a dobradinha, como candidato a vice-governador.   

A saída de Givaldo do PT se apresentava como única saída, já que ele não encontrava base para garantir a disputa de um novo mandato. Sua ida para o PCdoB, além de fortalecer o partido no Estado, ocupando a presidência, lhe daria a chance esperada, o que acabou não acontecendo. 

3 Comentários
  • Gustavo Santos , quinta, 08 de novembro de 2018

    Boa tarde! vejo discurso de politiqueiro partidário nos comentários, temos que pensar para o nosso estado em pessoas que seja competente e honesta para compor, Givaldo vieira foi um dos que mais trouxe recurso para o Espirito Santo e como Secretario de Estado fez um excelente trabalho tanto que Casagrande tem interesse.

  • Giliarde de Oliveira , quinta, 08 de novembro de 2018

    Excelente notícia... Givaldo Vieira foi um Vice Governador muito atuando na então gestão de Renato Casagrande. E ainda: na Câmara Federal sempre votou a favor dos trabalhadores e dos movimentos sociais. Givaldo tem capacidade técnica e experiência politica. Certamente será um ótimo Secretário de Estado. Parabéns Casão!!!

  • magno pires da silva , sexta, 09 de novembro de 2018

    lamentáveis os comentários baseados nos preconceitos de classe e ´no ódio ideológico. Embora tenha discordado da saída do ex-companheiro GIVALDO VIEIRA do PT-ES, o tenho em alta reputação. Foi um vice governador muito atuante, interlocutor preferido do governado Renato Casagrande, no seu primeiro mandato, junto ao governo federal, da então presidente DILMA, trazendo recursos e Ministros de Estado ao Espírito Santo, GIVALDO demonstrou capacidade de articulação política e competência técnica e a meu ver, nos últimos períodos de governos no esprito santo, foi o único vice-governador, que não teve papel decorativo. Se for realmente convidado para ser Secretário de Estado, será merecido por sua trajetória político-administrativa e o Espírito Santo terá muito a ganhar com sua indicação. Tenho dito!

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.